Publicidade

cotidiano

O que se sabe sobre a vinda do bilionário Elon Musk ao Brasil

Empresário participou de encontro com o presidente Jair Bolsonaro na manhã desta sexta-feira (20) em Porto Feliz, no interior de São Paulo

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Bolsonaro e Elon Musk durante encontro em Porto Feliz, no interior de São Paulo - Foto: Reprodução/redes sociais

O empresário bilionário Elon Musk anunciou nesta sexta-feira (20) durante evento em Porto Feliz, no interior de São Paulo, que a Starlink, sua rede de internet via satélites, levará conexão para 19 mil escolas não conectadas em áreas rurais e também fará o monitoramento ambiental da Amazônia.

A empresa de Musk obteve em janeiro deste ano autorização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) para a exploração do satélite no Brasil. Com concessão até 2027, a empresa já pode oferecer seu serviço de internet em todo o território brasileiro.  

O site da Starlink, diz que a internet via satélite já está sendo oferecida em partes dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Em outras regiões, a previsão é que esteja disponível a partir do quarto trimestre de 2022 e primeiro trimestre de 2023. 

Parceria com Governo  

O encontro desta manhã ocorreu em um hotel de luxo na cidade paulista e contou com a presença de empresários, políticos e o do presidente Jair Bolsonaro. A expectativa é de que a parceria com o Governo, trate sobretudo, do uso da tecnologia para o monitoramento de desmatamentos e incêndios legais na Amazônia.  

O monitoramento da Amazônia, no entanto, já é realizado desde 1988 pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia. O Inpe recebe e processa os dados sobre perda de floresta. As imagens são obtidas via satélite e o nível de precisão é de 95%, informa o próprio Inpe. 

Elon Musk  

Com patrimônio estimativo em R$ 1 trilhão, Elon Musk anunciou em abril deste ano, um acordo para a compra do Twitter por cerca de US$ 44 bilhões (aproximadamente R$ 215 bilhões). 

Além de ser dono da SpaceX, empresa que tem como ambição o turismo espacial, Musk também comanda a Tesla, fabricante de carros elétricos. (Com informações do G1)   

VEJA TAMBÉM - USP Ribeirão Preto busca voluntários com pressão alta para estudo


Publicidade