Publicidade

cotidiano

Começa greve dos motoristas de ônibus nesta terça em Ribeirão Preto

Sindicato diz que nenhum dos 340 veículos previstos para circular nesta manhã saiu das garagens, o que corresponde a 100% da frota no período

| ACidadeON/Ribeirao -

Passageiros ficaram sem ônibus na manhã desta terça-feira (21) (Foto: Bruno Belomi / CBN Ribeirão Preto)
 

A greve dos motoristas do transporte coletivo teve início nesta terça-feira (21), em Ribeirão Peto. A paralisação foi aprovada pela categoria na última sexta-feira (17), após falta de acordo entre as empresas e trabalhadores em relação a benefícios.

Segundo o presidente do Seeturp (Sindicato dos Empregados do Transporte Urbano de Ribeirão Preto), João Henrique Bueno, nenhum ônibus saiu das garagens nesta manhã, o que corresponde a 100% da frota no período. Em dias normais, 340 veículos deixam as empresas pela manhã, de acordo com Bueno.   


MAIS NOTÍCIAS 

PróUrbano diz que vai acionar a Justiça contra greve em Ribeirão 

Veja como fica o tempo no 1º dia do inverno em Ribeirão Preto e região 

Casal de Ribeirão acusado de matar cachorro ganha liberdade provisória

A data-base dos funcionários do transporte coletivo é em maio, contudo não houve um acordo entre as empresas e trabalhadores.      

O sindicato pede a recomposição de 12,47% nos salários dos trabalhadores, no vale-alimentação e no PLR (Programa de Participação de Lucros e Resultados). Esse mesmo percentual já havia sido aceito pelos trabalhadores, mas em relação apenas ao reajuste dos salários.   


consórcio PróUrbano, que representa as empresas do transporte coletivo de Ribeirão, disse que as negociações estão avançadas e que tenta solução para que a população não fique sem transporte. O consórcio afirmou na noite desta segunda-feira (20) que deverá procurar a Justiça para tentar manter parte da frota de ônibus em circulação.

O presidente do sindicato disse que aguarda uma decisão judicial que defina a frota mínima em circulação na cidade. "Só após o juiz decidir, saberemos quantos ônibus devem ser colocados nas ruas durante a greve", disse João Henrique Bueno. 

A Transerp informou que acompanhando as negociações entre o consórcio e o sindicato.   


MAIS NOTÍCIAS 

Posto do Trabalhador de Ribeirão Preto oferece 42 vagas de emprego 


Publicidade