ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Família pede doações de leite materno para bebê após morte de mãe

Mariana Kátia Rampazo Lacativa morreu 12 dias após parto de Benício; família disponibiliza kits para quem desejar doar leite

| ACidadeON/Ribeirao

Matheus Urenha / A Cidade

 

A família de Benício Lacativa pede doações de leite materno para o bebê após a mãe da criança, Mariana Kátia Rampazo Lacativa, ter morrido 12 dias após o parto. A mulher de 34 anos de Taquaritinga morreu no dia 9 de julho, após complicações de saúde.

Os principais requisitos fazer uma doação, segundo a página de Facebook na qual a família está divulgando informações, é que a doadora apresente exames do pré-natal (HIV, VDRL, Hepatite B e C) ou do pós-natal comprovando estar bem de saúde. Eles também pedem que a doadora não fume, não tome medicamentos incompatíveis com a amamentação, não use álcool ou drogas ilícitas.

No Facebook também há um passo a passo para fazer a retirada do leite que será doado.

As doações podem ser feitas na DS Fitness Academia, localizada no Edifício Paulista, na rua Iguape, 31, em Ribeirão Preto. Os kits de doação e a entrega do leite devem ser feitas na academia entre 8h e 18h de segunda a quinta e entre 8h e 13h às sextas-feiras. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 99159-4658.

Taquaritinga

Também é possível realizar doações em Taquaritinga, na 75ª Subseção da OAB, localizada na rua Duque de Caxias, 236. As doações podem ser feitas de segunda a sexta entre 9h e 18h.  Informações no telefone (16) 99753-1574 entre 8h30 e 12h de segunda a sexta-feira.

Comentários

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também