Marceneiro vai à polícia depois de apanhar da mulher por falta de dinheiro

Agressora teria atacado o homem com tapas, unhadas e socos depois de ofendê-lo; caso ocorreu no Parque Ribeirão Preto

    • ACidadeON
    • ACidade ON
Weber Sian / A Cidade
Filho foi levado para o Plantão Policial, onde recebeu voz de prisão por violência doméstica, ameaças e dano ao patrimônio


Um marceneiro de 30 anos procurou o Plantão Policial na noite de ontem para denunciar a própria mulher, 44, por agressão. Aos policiais, o homem disse que foi atacado a tapas, unhadas e socos, por falta de dinheiro. O caso foi registrado na quinta-feira (18), por volta das 22h, no Parque Ribeirão Preto, zona Oeste da cidade.

Segundo o boletim de ocorrência, após o marceneiro chegar do trabalho, por volta das 18h30, a mulher iniciou uma discussão pela falta de dinheiro. O marceneiro teria respondido que fazia tudo o que podia para sustentá-la, mas que ela nunca estava satisfeita.

A mulher teria passado, então, a ofender o companheiro. Ele retrucou e acabou agredido.

Uma testemunha ouviu a gritaria e interferiu na briga. A Polícia Militar foi chamada no local e orientou a vítima a comparecer à CPJ (Central de Polícia Judiciária) para o registro da ocorrência.

(Priscilla Figueiredo, com supervisão de Rita Magalhães)

 


0 Comentário(s)