Aguarde...

Colunistas

Novas datas para o saque emergencial do FGTS

Governo Federal anunciou que medida começaria a valer em meados de junho, mas alterações deixaram a data de recebimento de acordo com o mês de aniversário

| ACidadeON/Ribeirao

Hilário Bochhi, advogado e empreendedor social (Foto: Divulgação)

As novas retiradas do Fundo de Garantia que estavam previstas para junho devem acontecer de acordo com o mês de aniversário dos trabalhadores.

O Governo Federal tinha feito o anúncio ainda em abril. Na ocasião, foi divulgado que a medida começaria a valer a partir de 15 de junho. No entanto, adaptações deixaram com que a liberação de parte do Fundo de Garantia dos trabalhadores aconteça de acordo com o mês de aniversário.

A medida prevê que os trabalhadores que têm contas no FGTS podem sacar até R$ 1.045,00. De acordo com a quantia em conta, sendo o valor de um salário mínimo o teto máximo autorizado.

Com este calendário, os primeiros beneficiários começam a ter direito ao saque agora, a partir da próxima segunda-feira, dia 29 de junho. Essas pessoas são as que fazem aniversário em janeiro. Com isso, o calendário de saque segue até setembro. Ou seja, quem nasceu em dezembro vai receber só dia 21 de setembro.

Esta readequação certamente deixa os trabalhadores frustrados, pois a medida que deveria ser emergencial vai se prolongar com beneficiários recebendo somente na segunda quinzena de setembro.

Agora, os termos vão passar pelo Congresso Nacional e já se fala em unificar o recebimento. O que seria uma ótima medida, uma vez que o crédito é automático e o dinheiro já existe na conta. 


Quem tem direito?  

Todos os trabalhadores com dinheiro na conta do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) têm direito ao saque. Isso vale para contas ativas e também para as inativas. Assim, o beneficiário não precisa estar trabalhando. Se ele tem dinheiro depositado na conta do FGTS terá direito.

Mas o valor será de acordo com a quantia em conta. Porém, o máximo que será liberado será o valor de R$ 1.045,00.

Até mesmo aposentados que voltaram a trabalhar registrados e tiveram novos depósitos na conta do FGTS terão direito ao benefício.


Como receber?  

O depósito será automático na poupança digital. Todos os trabalhadores que tiverem saldo no FGTS terão o valor liberado para saque. Aí é o detalhe, quem não quiser receber este benefício tem que avisar que não quer até o dia 30 de agosto, caso contrário, o dinheiro ficará disponível para saque.

Mais do ACidade ON