Aguarde...

Colunistas

Entenda como ficam os benefícios em tempos de pandemia

Auxílio emergencial e benefícios do INSS são algumas das formas que o trabalhador tem de manter o sustento da família, principalmente neste momento

| ACidadeON/Ribeirao

O advogado Hilário Bocchi Junior (Foto: ACidade ON)
 

Nem podemos dizer que é exatamente neste momento, pois já estamos completando um ano de pandemia. Entre oscilações, altos e baixos, de forma geral a população vive diariamente a incerteza se terá saúde ao final de tudo isso e também se terá como superar os impactos financeiros causados na renda de grande parte das famílias. Mas, o principal, o impacto chega a ficar imensurável quando pensamos que um grande número de pessoas não tem o que comer, e que esta situação se agravou com o cenário da pandemia.
 
Essas pessoas. Muitas delas vulneráveis, com deficiência, idosos e incapazes, desempregados e em vias de perder o emprego, ficam sem renda. E aí, como fica a questão da sobrevivência dessa população?
 
Constituição Federal diz: artigo 194: "A seguridade social compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social".
 
"Conjunto integrado", diz a nossa Constituição. Neste momento, de uma pandemia, se vê a importância do Estado na preservação da vida, da saúde e da cidadania.
 
É aí que o assunto que mais gera interesse volta à tona: Auxílio Emergencial. A medida chegou a salvar inúmeras famílias da fome durante o ano de 2020, mas o benefício acabou e a pandemia não. Pior, a situação vem se agravado e atingido números preocupantes de mortes causadas pela COVID-19, de taxas máximas de ocupação hospitalar e com isso: fechamento de comércios, perda de rendas, altos preços para itens de necessidade básica.
 
Auxílio Emergencial 

Este filme já passou e como já se sabe qual é o final, dá para avisar os interessados no auxílio emergencial, que ainda está em fase de decisão por parte do Governo da Federal, nesta semana já divulgado que teremos o auxílio e que começa a ser pago em abril. As adaptações. Com novas regras, também já começaram a ser anunciadas, mas a data exata para o início do pagamento ainda não foi apresentada. Se você teve direito ao benefício em 2020, aproveite este período e verifique sua situação cadastral no app Caixa Tem. Tudo isso, sem sair de casa.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON