Publicidade

cotidiano

Luiz Puntel: É a rainha da preguiça, mas, maratonista

Sei que vocês concordarão com a afirmativa de que a língua é um ser vivo e, por isso, está sempre em mudança

| ACidadeON/Ribeirao -

Luiz Puntel (Foto: Arquivo ACidade ON)

Leitores, sei que vocês concordarão com a afirmativa de que a língua é um ser vivo e, por isso, está sempre em mudança. Todo dia, entram e saem palavras e expressões do nosso idioma. Não faz muito tempo, por exemplo, caiu no gosto popular, principalmente dos que têm poder aquisitivo para ter os modernos recursos tecnológicos das plataformas digitais, o acesso a filmes, séries, documentários e toda sorte de reality show. 

E com esta mania, nova palavra foi incorporada à língua, o verbo maratonar. Outro dia, no grupo da família, minha sobrinha disse que tinha feito uma maratona. 

Como não li direito, apenas me chamou a atenção a palavra maratonar, na hora eu pensei em incentivá-la. No áudio, eu comentei que não sabia que ela corria e ainda mais maratona, coisa que me é muito próxima, já que fui maratonista. Amador, mas maratonista! Não era lá de quebrar recordes, mas era maratonista! 

Ainda perguntei a ela, num áudio para incentivá-la, qual era o tempo dela. Sim, porque maratonista, como qualquer corredor, tem uma neura com o tal do cronômetro. Quando ela disse que tinha maratonado o dia inteiro, eu quis morrer de unha encravada. 

Pensei: caramba, o dia inteiro? Eu me lembro que eu fazia os 42 km em 3 horas e pouco, um tempo de amador mesmo, mas de maratonista!
Aí veio a surpresa e caí na risada, junto com a parentaiada do grupo: 

"Tio, ela disse, maratonei o dia todo e só me levantava da cama para um xixizinho básico!" 

E, diante da minha boca aberta, o queixo caído, ela explicou: 

"Maratonar é pegar uma série e ir de cabo a rabo, assistindo a todos os episódios de todas as temporadas!" 

Gente, morri de rir, eu, um velhinho fora do que andam falando no planeta Terra. 

Então, tá! Mais uma para a caixinha de surpresas! 

Eu, que me achava o tal por ir maratonar daqui a Batatais, 42km em 11 subidas de quebrar o câmbio das pernas, agora fico sabendo que minha sobrinha maratona também, o dia todo, mas séries de TV. É a rainha da preguiça, mas, maratonista!

Puntel, começando a maratonar séries neste domingo, já tendo pedido à produção que tragam bolsa de água quente para pôr nos fundilhos e conseguir acompanhar a tal da maratona moderna! Maratonar o domingo todo, deitado! Haja bunda para vencer a distância que vai das primeiras horas da manhã até o fim do domingo!

Mais notícias


Publicidade