Aguarde...

cotidiano

Ribeirão conta com 103 suspeitos de infecção pelo coronavírus

Atualização do boletim epidemiológico foi divulgado pela secretaria da Saúde de Ribeirão Preto, na tarde desta quinta

| ACidadeON/Ribeirao

Tudo sobre o coronavírus na nossa região e no Brasil
 
Subiu para 103 o número de casos suspeitos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (covid-19), em Ribeirão Preto, segundo a secretaria municipal da Saúde. A pasta divulgou a atualização do boletim epidemiológico no final da tarde desta quinta-feira (19). Não há casos confirmados da doença na cidade.  

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE RIBEIRÃO PRETO  

Ao todo, 14 casos de covid-19 já foram descartados, segundo o boletim. Os exames são realizados pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Apesar de não haver casos da doença registrados, o secretário da Saúde, Sandro Scarpelini, acredita que já possa haver pessoas infectadas pelo coronavírus em Ribeirão Preto.  

"Seria ingenuidade que o vírus não está circulando por aqui", declarou Scarpelini, em entrevista realizada no Palácio Rio Branco, nesta quinta-feira. A entrevista foi convocada para anunciar a decretação de situação de emergência, pelo prefeito Duarte Nogueira (PSDB), pelo prazo de 180 dias.  

Em decreto publicado no Diário Oficial do Município, ficou determinado a suspensão de eventos entre os dias 21 de março e 5 de abril. Assim como, a suspensão das atividades de cinemas, clubes, academias, clínicas, centros de estéticas, casas de espetáculos, bares noturnos, museus, centros culturais e bibliotecas.   
 
Em SP e no Brasil  

No estado de São Paulo, cinco pessoas morreram em decorrência do novo coronavírus, de acordo com a secretaria estadual da Saúde. Todos os casos se tratam de pessoas com mais de 60 anos de idade, com doenças crônicas e que residiam na cidade de São Paulo.  

Segundo o ministério da Saúde, o País conta com 621 casos confirmados do covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. São Paulo segue como foco da disseminação do vírus, com 286 casos. Em seguida vêm Rio de Janeiro (65), Brasília (42), Bahia (30), Minas Gerais (29) e Rio Grande do Sul e Pernambuco (28) (com Agência Brasil).


Leia mais:
Ribeirão declara situação de emergência por 180 dias
  
 
Não há um perfil entre os casos suspeitos, diz secretário





Mais do ACidade ON