Aguarde...

cotidiano

Força-tarefa lacra fábrica de falsificação de álcool em gel

Operação do MP e PM prendeu dona de fábrica e filho dela neste sábado (21), na zona Oeste de Ribeirão Preto; Denúncia foi feita por consumidores do produto

| ACidadeON/Ribeirao

Ação do MP e PM fechou fábrica de falsificação de álcool em gel
 

Uma força-tarefa do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) com a Polícia Militar (PM) fechou, neste sábado (21), uma fábrica suspeita de falsificação de álcool em gel, em Ribeirão Preto. O caso ocorreu em meio ao crescimento da procura pelo produto com o avanço do novo coronavírus. 
 
A proprietária do estabelecimento, localizado na Vila Virgínia, zona Oeste da cidade, teria confessado o crime. Ela e o filho foram presos preventivamente e conduzidos à CPJ (Central de Polícia Judiciária), no Centro da cidade. 

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE O CORONAVÍRUS EM RIBEIRÃO E REGIÃO
 
Segundo informações apuradas pela EPTV, pessoas que haviam comprado o produto teriam notado a diferença no álcool em gel, que estava sendo produzido com etanol, e denunciado ao MP.  
 
Promotores também visitaram uma loja que revendia o produto.  

Os suspeitos deverão responder por falsificação de produto destinado a fins medicinais, armazenamento de etanol de maneira irregular e sonegação de impostos. (Com EPTV)

Mais do ACidade ON