Aguarde...

cotidiano

Cancelamento de voos gera reclamação no aeroporto de Ribeirão

Passageiros dizem que foram surpreendidos ao chegarem ao Leite Lopes nesta quinta (26); um deles disse que cogita alugar um carro e seguir para Maceió (AL)

| ACidadeON/Ribeirao

A cozinheira Maria Aparecida disse que tenta embarcar para Cuiabá (MT) desde a última terça-feira (24) (Foto: Michelle Souza / CBN Ribeirão)

Notícia atualizada às 13h56 

O cancelamento de voos o aeroporto Leite Lopes provocou a reclamação de passageiros na manhã desta quinta-feira (26), em Ribeirão Preto. O motivo não foi informado.

O soldador José Adriano da Silva disse à reportagem da CBN Ribeirão que ele e um grupo que o acompanhava somente souberam do cancelamento do voo para Maceió (AL) ao chegarem ao aeroporto. 

"Nós estamos aqui sem saber para onde ir. Vamos tentar alugar um carro para sair daqui e entregar em Maceió, mas vai ficar bem mais caro. O voo era para quarta-feira [dia 25]. Aí, cancelaram e disseram que era para hoje [dia 26] de manhã, mas cancelaram de novo e disseram que tem um voo saindo à noite de Campinas para Recife, mas que a companhia não dá ajuda de nada pra a gente", afirmou. 

A cozinheira Maria Aparecida do Nascimento relatou que tenta embarcar para Cuiabá (MT) desde a última terça-feira (24) e que companhia aérea não ofereceu qualquer suporte aos passageiros.  

"Eles não estão passando nenhuma informação concreta. Vou ter que pagar um carro particular até Campinas e ficar sentada no aeroporto de Viracopos sem ter onde comer ou dormir esperando meu voo de amanhã [sexta-feira, dia 27]", disse.  

Outro lado   

A companhia aérea Azul informou, por meio de nota de imprensa, que a empresa deixou de operar em Ribeirão Preto, de 25 de março até o dia 30 de abril, em função das medidas de contenção e quarentena contra o novo coronavírus. 

Neste período a companhia irá operar somente 70 voos diários para as 25 cidades listadas a seguir: Campinas (SP), Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Belém (PA), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Fernando de Noronha (PE), Fort Lauderdale (EUA), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Manaus (AM), Montes Claros (MG), Orlando (EUA), Palmas (TO), Porto Alegre (RS), Porto Velho (RO), Rio de Janeiro - Santos Dumont (RJ), São Luís (MA), Salvador (BA), Tefé (AM), Tabatinga (AM), Uberlândia (MG) e Vitória (ES).  

"A Azul esclarece que está utilizando os canais oficiais para fazer contato com os clientes impactados pelas alterações, providenciando a reacomodação deles", disse.

Já o Daesp, responsável pela administração do aeroporto Leite Lopes, informou por nota de imprensa que as decisões sobre venda de passagens e cancelamento de voos são de responsabilidade das empresas aéreas.

"A parte administrativa sob responsabilidade do Daesp, no aeroporto Leite Lopes, mantém o funcionamento regular, porém os serviços fornecidos pelos concessionários estão interrompidos por decisão operacional de cada entidade", esclareceu (Com CBN Ribeirão) 

Mais do ACidade ON