Aguarde...

cotidiano

Comercial: Contratos de 12 jogadores se encerram em maio

O diretor de futebol do clube, José Lourenço, crê, porém, em atual situação do mercado e bom relacionamento para extensão de vínculos; ao todo, 5 titulares podem sair

| ACidadeON/Ribeirao


Diretor de futebol do Leão, José Lourenço vê com 'tranquilidade' permanência de atletas no clube (Foto: Weber Sian / A Cidade ON)
 

Sem ter data para voltar a jogar, o Comercial poderá perder 12 jogadores até o retorno da Série A3 do Campeonato Paulista paralisada por tempo indeterminado, em razão da pandemia do novo coronavírus.   

CLIQUE E LEIA MAIS NOTÍCIAS DA COVID-19 EM RIBEIRÃO E REGIÃO
  
De todos estes atletas vinculados ao Alvinegro até o mês de maio, cinco são titulares na equipe de Fahel Júnior. Estão na lista o lateral-esquerdo Brayan, o volante Russo e os atacantes Wesley Tanque e Lucas Lino.   
 
Em entrevista ao ACidade ON, o diretor de futebol do Leão, José Lourenço, se disse otimista em relação à permanência destes jogadores.  

Segundo Lourenço, as circunstâncias do mercado, abalado pela pandemia, poderão facilitar as negociações. 
 
"De todos os jogadores que têm contrato até maio, posso dizer que a grande maioria quer ficar. Vejo com muita tranquilidade a permanência deles, pois estamos fazendo uma boa Série A3 e o clima em nosso clube é muito bom", afirmou o diretor de futebol ao portal.

"Eles têm vontade de permanecer no clube e o Comercial tem interesse na permanência. Mesmo porque, hoje, o mercado está estagnado. Vejo ele [o mercado] com certa dificuldade de emprego. Por isso, enxergo com tranquilidade a permanência deles", completou.  
 
Dentro de campo

Atual 5º colocado na Série A3 do Paulista, o Comercial defende invencibilidade de cinco partidas.  

Faltando quatro jogos para o fim da primeira fase, a equipe comandada por Fahel Júnior enfrentaria o Noroeste, no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru.

Devido à paralisação de todas as divisões nacionais, no entanto, o jogo não tem data para acontecer. (Igor Abreu, sob supervisão de Ricardo Canaveze)


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON