Aguarde...

cotidiano

Exame confirma coronavírus em idoso que teve teste negado

João Hercílio de Carvalho morreu na última quinta (14) e família acusou possível negligência da Secretaria Municipal da Saúde de Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao

 

João Hercílio de Carvalho morreu aos 68 anos; exame aponta novo coronavírus em amostras do paciente (Foto: Reprodução)

O exame realizado em amostras do paciente João Hercílio de Carvalho, de 68 anos, confirmou o novo coronavírus, causador da covid-19. Ele morreu na última quinta-feira (14) e a família fez acusações de possível negligência pela Secretaria Municipal da Saúde de Ribeirão Preto.  

O teste para descartar infecção pelo coronavírus não foi feito no paciente, conforme denunciou em vídeo a sobrinha do idoso, a jornalista Renata Carvalho. (assista ao vídeo)

Segundo ela, o tio procurou atendimento pela primeira vez no último dia 4 de maio, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Treze de Maio, onde funciona o Pólo da Covid-19 na cidade.  

Ele teria relatado sinais de febre, tosse e falta de ar, mas acabou liberado pelos médicos, de acordo com Renata.  

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE A PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS EM RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO

Ainda segundo a sobrinha, as dores continuaram depois que remédios para a garganta foram receitados ao idoso.  

Na última quinta, ele foi encontrado morto dentro de casa por um parente. 

Na semana passada, o secretário da Saúde de Ribeirão Preto, Sandro Scarpellini, chegou a dizer durante entrevista à EPTV que o protocolo para aplicação de testes mudou devido a quantidade maior de exames disponíveis.  

O caso do idoso está sob investigação da Secretaria Municipal da Saúde.  

LEIA MAIS 

Família denuncia morte de idoso após teste de covid-19 ser negado 


Mais do ACidade ON