Aguarde...

cotidiano

Saúde faz testes em asilos após detectar 47 casos de covid-19

Os casos, registrados entre idosos e funcionários de cinco instituições, foram adicionados às estatísticas de Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao

Entre os 47 casos de coronavírus, quatro morreram (Foto: divulgação/Pixabay)
 

A secretaria da Saúde de Ribeirão Preto confirmou nesta quarta-feira (17), por meio de nota, que funcionários e moradores de cinco asilos da cidade foram submetidos a testes do novo coronavírus (covid-19) nos últimos dias.  

A medida foi implementada depois que um surto da doença foi detectado nas entidades de assistência aos idosos e 47 pessoas pertencentes ao grupo receberam diagnósticos positivos e quatro morreram.  

"A pasta promoveu a testagem em todos os colaboradores e residentes, oferecendo tratamento, além de orientação e monitoramento para evitar novas contaminações", explicou, via assessoria de imprensa.  

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS EM RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO  

No Cantinho do Céu, quatro prestadores de serviço foram contaminados e precisaram ser afastados de suas funções. Por isso, os 47 moradores da casa e 51 funcionários fizeram os exames fornecidos pelo município. Todos os resultados deram negativo.  

Já no Lar dos Velhos, mais cinco casos de coronavírus foram adicionados às estatísticas, sendo dois idosos e três servidores. Um deles morreu.  

Durante o acompanhamento da Saúde, foi comprovado que mais uma pessoa da instituição estava infectada. O nome e posição dela não foram divulgados.  

Ainda de acordo com a nota, o Lar Padre Euclides chamou a atenção das autoridades ao disparar na curva de contágio.  

Foram 19 testes positivos antes mesmo da ação emergencial da Prefeitura. A maioria era pessoas com mais de 60 anos 16 idosos e três funcionários. Três morreram.  

Além dessas, mais dois asilos foram visitados pelas equipes da secretaria da Saúde: a Casa do Idoso, que teve nove casos de covid-19 (seis idosos e três colaboradores), e o Ombro Amigo.  

Lá, 12 residentes e um servidor testaram positivo para a doença.  

"Conseguimos detectar os surtos e fazer as ações necessárias. Em todos os locais tivemos autuação rápida e oportuna. Seguimos monitorando todos os casos e acompanhando as instituições", esclareceu o secretário da Saúde de Ribeirão, Sandro Scarpelini.  

Atualmente, a cidade tem 2.715 casos de infecção por coronavírus e 70 óbitos. 


Mais do ACidade ON