Aguarde...

cotidiano

Médico que participou de cirurgia de siamesas morre com covid

Lucas Pires Augusto tinha 32 anos de idade e estava internado em um hospital do Paraná; é o segundo profissional que atuou no caso e perdeu a vida para a doença

| ACidadeON/Ribeirao

Lucas Pires Augusto tinha 32 anos de idade; ele deixa a esposa e filhos (Foto: Reprodução)
 

O neurocirurgião Lucas Pires Augusto, de 32 anos, morreu no último sábado (8) vítima da covid-19, em um hospital de Maringá (PR). 

O médico fez especialização no Hospital das Clínicas (HC) de Ribeirão Preto e participou da cirurgia de separação das gêmeas siamesas Maria Ysabelle e Maria Ysadora, em 2018. Ele trabalhava em um hospital de Ivaiporã, também no Paraná. 

LEIA MAIS SOBRE A PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS

Lucas havia postado nas redes sociais uma mensagem em que afirmava que o quadro dele era grave e que iria para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Ele chegou a citar que contraiu o vírus fazendo o que ama, que era cuidar dos pacientes.  

O Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) emitiu nota de pesar pelo falecimento do médico Lucas Pires Augusto.

O neurocirurgião deixa dois filhos e a mulher, que também é médica.

Esse é o segundo profissional da equipe da cirurgia das siamesas que perdeu a vida para a covid. O neurocirurgião norte-americano James Goodrich, de 73 anos, morreu em março, em Nova Iorque, após complicações da doença.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON