Aguarde...

cotidiano

Vigilante reencontra cães após salvá-los durante incêndio

Na última sexta-feira (18), um incêndio de grandes proporções destruiu vegetação na zona Sul de Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao

Phelipe deixou para trás a própria moto para salvar os animais (Foto: reprodução/EPTV)
 
O vigilante Phelipe Pereira de Carvalho, que trabalha em um poço do Daerp (Departamento de Água e Esgotos de Ribeirão Preto) na zona Sul, reencontrou nesta segunda-feira (21) dois cães que ele ajudou a salvar durante o incêndio que destruiu quase 10 hectares de vegetação na última sexta-feira (18).  

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE RIBEIRÃO PRETO
 
Phelipe retirou de perto das chamas o Bob e a Neguinha, que vivem nas redondezas do poço, após terem sido abandonados na região. Os cães são alimentados pelos vigilantes e por vizinhos.  

"Ou ajudar os cachorros, ou deixar os cachorros e sair com a moto", contou Phelipe sobre a decisão que teve de tomar. "Não tenho outro pensamento. Tive que ajudar e, ajudo hoje, se for preciso de novo", disse.  O vigilante contou com a ajuda da educadora física Fernanda Martineli, que passava de carro pela região.

O fogo destruiu a moto que Phelipe usava para ir trabalhar, já que mora em Jardinópolis, município a 23 quilômetros de Ribeirão Preto. Ele também perdeu um aparelho de celular, quando corria para se proteger das chamas.  

Investigação
 
Nesta segunda-feira, o Gaema (Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente) do MP-SP (Ministério Público de São Paulo) e a Polícia Civil começaram as investigações para localizarem as pessoas que iniciaram o incêndio.  

Os investigadores vão analisar imagens de câmeras de segurança e ouvir testemunhas. Caso seja identificado, o autor do incêndio pode ser multado e poderá ficar preso por 2 a 4 anos de prisão (com EPTV).  

Leia mais:
Polícia também vai investigar causas de incêndio em Ribeirão  

Ribeirão: Fogo destruiu o equivalente a 10 campos de futebol  

Animais vítimas de queimada são resgatados na zona Sul

Mais do ACidade ON