Aguarde...

cotidiano

Motorista Ferreirinha morre após complicações da covid-19

Marcos Ferreira Pinto, de 58 anos, atuava no transporte coletivo de Ribeirão Preto há 20 anos; enteado diz que ele deixa exemplos de trabalho e honestidade

| ACidadeON/Ribeirao

Marcos Ferreira Pinto, o Ferreirinha, tinha 58 anos de idade (Foto: Arquivo pessoal)
 

O transporte coletivo de Ribeirão Preto se despediu nesta terça-feira (22) do motorista Marcos Ferreira Pinto, o Ferreirinha.   

O profissional chegou a permanecer internado por uma semana após contrair a covid-19, segundo a família, e não resistiu na madrugada desta terça-feira (22). Ferreirinha faleceu na Santa Casa de Ribeirão. 

LEIA MAIS NOTÍCIAS DE RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO

"Ele estava quase encerrando o período de afastamento, mas apresentou uma forte falta de ar na segunda [dia 14]. Levei-o ao hospital e foi internado. Na quarta [dia 16], precisou ser intubado depois do comprometimento de 75% dos pulmões. Na madrugada desta terça [22], o hospital ligou para informar sobre o falecimento após uma parada cardíaca", relatou o enteado, Marcos Felipe de Andrade, 26.  

O enteado ainda contou que o Ferreirinha fazia tratamento para hipertensão arterial, mas que mantinha a pressão sob controle.  

Ferreirinha ao lado da Circular 1, veículo com o qual trabalhava (Foto: Arquivo pessoal)

Amor à profissão

Ferreirinha atuou como motorista por 20 anos em Ribeirão. Ultimamente, ele estava na Linha 199 - Circular 1.  

"Ela amava dirigir ônibus e sempre nos ensinou a zelar pelo nosso nome. Sempre foi trabalhador e uma pessoa muito honesta", disse o enteado.  

Marcos Felipe, que também é motorista de ônibus, lembrou que o foi o pai quem abriu as portas da empresa para ele.  

"Pai é aquele que cria e eu tinha muita ligação com meu pai adotivo", afirmou.  

Além da esposa, que também chegou a contrair a covid e se recuperou, Ferreinha deixou cinco filhos e quatro netos.  

O corpo do motorista foi sepultado na manhã desta terça-feira (22), no Memorial Parque dos Girassóis.    

Colegas de profissão homenagearam Ferreirinha com uma mensagem nos letreiros dos ônibus. (assista ao vídeo abaixo)


Outro lado 

A empresa Transcorp, onde o motorista Marcos Ferreira Pinto trabalhava, prestou condolências aos familiares por meio de um comunicado sobre o falecimento do colaborador. 

O  Sindicato dos Empregados do Transporte Urbano de Ribeirão Preto (Seeturp) também expressou solidariedade à família do motorista.

"Nossos pêsames e que Deus conforte o coração de todos", disse.

Mais do ACidade ON