Aguarde...

cotidiano

Mortalidade por covid: Ribeirão é 2ª entre cinco cidades de SP

Comparação da taxa de mortalidade por 100 mil habitantes é com municípios de porte semelhante no estado de São Paulo; veja tabela

| ACidadeON/Ribeirao

Ambulância chega ao Polo Covid-19 em Ribeirão: local é destinado a pacientes com sintomas da doença (Foto: Weber Sian / ACidade ON)
 

A taxa de mortalidade da covid-19 por 100 mil habitantes deixa Ribeirão Preto em segundo lugar entre cinco municípios com porte semelhante no estado de São Paulo. 

Segundo dados apresentados por meio da plataforma Covid-19 no Brasil, do Ministério da Saúde, Ribeirão tinha 102,5 mortes/100 mil habitantes nesta segunda-feira (28). O número é obtido por meio da multiplicação do total de mortes por 100.000 e o resultado dividido pela quantidade de habitantes do município.   

LEIA TAMBÉM - Ribeirão registra 217 novos casos de covid e três mortes

Se comparado com outras quatro cidades paulistas de número populacional análogo, Ribeirão ocupa a segunda posição.   

Osasco, na região metropolitana de São Paulo, aparece em primeiro, com 111,1 mortes/100 mil habitantes. Na sequência estão Santo André, na região do Grande ABC, com 82,8, São José do Campos, no Vale do Paraíba, com 59,3 e Sorocaba, com 57,3 mortes/100 mil habitantes. 

A plataforma do Ministério da Saúde aponta Ribeirão com 721 óbitos em 28 de setembro. Já no boletim da Secretaria Municipal da Saúde, são 722 mortes até 27 de setembro.   

Há, também, uma diferença no número de casos confirmados da doença nas duas tabelas: pelo Ministério da Saúde são 21.649. Já pela contagem do município, o número é de 26.863.     

(Reprodução)

Outro lado

A Secretaria Municipal da Saúde disse, por meio de nota ao ACidade ON, que a diferença ocorre devido aos serviços de notificação de dados dos pacientes deixarem de atualizar o sistema. 

"O sistema E-SUS VE é um sistema federal de notificação de casos suspeitos de covid-19 e as notificações, às vezes, são registradas e não são atualizados os resultados dos exames, pois em muitos serviços o resultado acontece em um momento após o atendimento. A Vigilância Epidemiológica municipal tem acompanhado e solicitado a atualização do sistema, bem como realizado conferências com o sistema municipal", informou.

VEJA MAIS 

Casos de covid-19 apresentam desaceleração em Ribeirão

Mais do ACidade ON