Aguarde...

cotidiano

Saúde de Ribeirão abre sindicância para apurar fraude em vacina

A abertura da investigação contra uma auxiliar de enfermagem do posto do Jardim Juliana foi publicada no Diário Oficial

| ACidadeON/Ribeirao

Perícia apontou que a idosa não foi vacinada (Imagem: Reprodução)
*Notícia atualizada às 21h de 26 de abril de 2021. 

A Secretaria da Saúde de Ribeirão Preto abriu, nesta segunda-feira, 26 de abril, uma sindicância para apurar uma fraude na vacinação de uma idosa de 84 anos no posto de saúde do Jardim Juliana, zona Leste.

A abertura da investigação contra uma auxiliar de enfermagem do posto do Jardim Juliana, assinada pelo secretário Sandro Scarpelini, consta em publicação do Diário Oficial do Município desta segunda. O prazo para a sindicância apresentar suas conclusões é de 30 dias.

A fraude na aplicação da vacina em uma idosa de 84 anos foi constatada através de uma perícia, solicitada pela Delegacia de Proteção ao Idoso. A família filmou a vacinação e achou que a enfermeira não tinha injetado o imunizante.

Um laudo, emitido pelo Instituto de Criminalística (IC), com base nas imagens feitas pela família da idosa, constatou que o líquido permaneceu no interior da seringa mesmo depois da idosa ser espetada pela agulha.

De acordo com o promotor Paulo Teotônio, a situação configura, pelo menos, dois crimes: infração ao Estatuto do Idoso e crime contra a Saúde Pública. Além da sindicância da Secretaria da Saúde, a auxiliar de enfermagem deve responder criminalmente. 
 
Após questionamento do ACidade ON, a secretaria da Saúde informou que afastou a funcionária do atendimento à população. Na nota, ainda Informa que aguarda o resultado das investigações.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON