Aguarde...

cotidiano

Plano SP: Confira os indicadores da região de Ribeirão Preto

Dia 30 de abril tem atualização das fases da quarentena; Avanço para as fases laranja e amarela depende de queda nos indicadores

| ACidadeON/Ribeirao

Plano São Paulo: Fase de Transição (Imagem: ACidade ON)

A região de Ribeirão Preto segue evoluindo nos indicadores do Plano São Paulo. Na próxima sexta-feira, 30 de abril, acontece a atualização das fases da quarentena e a região vive a expectativa de avançar à fase laranja ou à fase amarela.

A principal vantagem das fases seguintes do Plano São Paulo é o horário de funcionamento e a capacidade liberada para atendimento. Na atual fase de transição, esse limite é de 25% e há um toque de recolher a partir das 20 horas.

Restaurantes e shoppings, por exemplo, aguardam o avanço de fase para retomar o atendimento noturno - hoje há o fechamento obrigatório às 20 horas.


Indicadores

A região de Ribeirão Preto vem melhorando lentamente nos indicadores que compõem o Plano São Paulo. A ocupação de leitos de UTI, por exemplo, vem se consolidando abaixo de 90% (hoje é de 88,5%).

Outro número positivo da região é o de novas internações diárias. Nas últimas 24 horas, foram 67 internações. No pico da segunda onda, a região chegou a ter mais de 100 novas internações por dia.

Esses números citados na reportagem, disponíveis na pagina do Plano São Paulo, são referentes á região de Ribeirão Preto, composta por 26 cidades.

Confira abaixo os indicadores atualizados da região de Ribeirão Preto e, entre parênteses, o mesmo indicador do dia 16 de abril, quando a região avançou à fase de transição.

- *Casos a cada 100 mil habitantes: 479,8 (483,1)
- *internações a cada 100 mil habitantes: 78,1 (81,4)
- *mortes a cada 100 mil habitantes: 20,4 (24,2)
- Ocupação de UTIs: 88,5% (90,6%)
- Leitos a cada 100 mil habitantes: 27,7 (28,8)
*média móvel dos últimos 14 dias


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON