cotidiano

Especial Coronavirus

Quarentena: Ribeirão fecha supermercados, comércio e serviços

Segundo o prefeito Duarte Nogueira (PSDB), as restrições têm início na quinta-feira, 27 de maio, e vão durar, no mínimo, até o dia 31 de maio

| ACidadeON/Ribeirao -

Comércio vai fechar novamente (Foto: Marcelo Fontes / ACidade ON)

A Prefeitura de Ribeirão Preto anunciou em coletiva, nesta segunda-feira (24), que vai suspender o transporte coletivo e fechar lojas de materiais de construção, comércio, shoppings, bares, restaurantes e serviços (como salões de beleza e academias).

Segundo o prefeito Duarte Nogueira (PSDB), as restrições têm início na quinta-feira, 27 de maio, e vão durar, no mínimo, até o dia 31 de maio.

Na segunda-feira (31 de maio), com os números atualizados da pandemia, a Prefeitura vai realizar uma nova coletiva para decidir se mantém as regras por mais tempo ou se relaxa as medidas.
 
Importante ressaltar que as regras atuais da fase de transição do Plano São Paulo seguem até a noite da quarta-feira, 26 de maio. Por isso, a recomendação é evitar uma corrida aos supermercados, como aconteceu no lockdown de março. 
 
Nesse período de maior restrição, bares, restaurantes, padarias e hortifrutis podem atuar com delivery. Os supermercados, além do delivery, podem adotar o drive-thru. 

 
Fase Emergencial Restritiva 
 
Segundo o secretário de Governo, Antonio Daas Aboud, a quarentena adotada pela Prefeitura de Ribeirão Preto vai se chamar Fase Emergencial Restritiva. 
 
A medida não está sendo chamada de lockdown porque agências bancárias, postos de combustíveis, farmácias, serviços de saúde, serviços veterinários, construção civil e indústrias podem continuar funcionando.  

Clique aqui e veja o decreto do prefeito Duarte Nogueira com as novas regras da qaurentena

Mais notícias


Publicidade