Aguarde...

cotidiano

Região de Ribeirão tem recorde de leitos de UTI e ocupação de 94%

Indicadores da pandemia mostram que a região de Ribeirão Preto tem aumento de casos, internações e mortes

| ACidadeON/Ribeirao


Regional de Ribeirão no Plano SP conta com 26 cidades (Imagem: Reprodução)

A região de Ribeirão Preto bateu recorde de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) dedicados ao tratamento da covid-19. Segundo números do Plano São Paulo, são 31,1 leitos a cada 100 mil habitantes.

De acordo com dados atualizados na noite desta quinta-feira, 3 de junho, mesmo com recorde de leitos, a ocupação das UTIs está em 94,1% - no dia anterior, com 28,9 leitos a cada 100 mil habitantes, a ocupação era de 94,6%.

Os dados mostram ainda que o número de novos casos de covid-19 voltou a subir na região de Ribeirão Preto, pulando de 486,3 para 512,4 (novos a casos a cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias).

No comparativo das últimas duas atualizações do Plano São Paulo, também subiram as médias de internações (de 80,5 para 84,9) e de mortes (19,6 para 20).

Quatro dos cinco principais indicadores da região apresentam números da fase vermelha do Plano São Paulo. A região de Ribeirão Preto é composta por 26 cidades: Altinópolis, Barrinha, Batatais, Brodowski, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guariba, Guatapará, Jaboticabal, Jardinópolis, Luís Antônio, Monte Alto, Pitangueiras, Pontal, Pradópolis, Ribeirão Preto, Santa Cruz da Esperança, Santa Rita do Passa Quatro, Santa Rosa de Viterbo, Santo Antônio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana e Sertãozinho.


VEJA OS INDICADORES DA REGIÃO DE RIBEIRÃO:
- *Casos a cada 100 mil habitantes: 512,4 (fase vermelha)
- *Internações a cada 100 mil habitantes: 84,89 (fase vermelha)
- *Mortes a cada 100 mil habitantes: 20,0 (fase vermelha)
- Ocupação de UTIs: 94,1% (fase vermelha)
- Leitos a cada 100 mil habitantes: 31,1 (fase verde)

*média dos últimos 14 dias


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON