Aguarde...

cotidiano

Bebê de grávida vítima da covid-19 sobrevive em Ribeirão Preto

Jovem de 26 anos morreu em Ribeirão Preto na última semana; Letícia havia sido internada em abril

| ACidadeON/Ribeirao

Letícia Oliveira, de 26 anos, foi internada por complicações da covid em abril (Foto: Arquivo pessoal)
 
Uma das grávidas vítima das complicações causadas pelo novo coronavírus (covid-19) em Ribeirão Preto perdeu o pai e o avô para a doença. Letícia Oliveira tinha 26 anos e morreu no dia 2 de junho, segundo a secretaria da Saúde. A filha da jovem sobreviveu. 

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE RIBEIRÃO PRETO
 
De acordo com a família, Letícia foi internada no oitavo mês de gestação, em abril, quando o parto foi realizado. A criança passa bem e está sendo cuidada pela avó, Valdevina dos Santos. Letícia tinha outros dois filhos, que também estão com a avó.  

"Eu fiquei com três crianças para criar. Porque antes, eu cuidava deles para a minha filha poder trabalhar. Hoje, eles são uma responsabilidade minha. Tudo para gente está difícil depois da morte dela. Parece que eu perdi um membro do meu corpo. Não só as necessidades das crianças, mas a presença dela", afirmou Valdevina, em entrevista para EPTV.  

A mulher relata as dificuldades que a família enfrenta. "Nós não perdemos só a Letícia, perdemos três pessoas da mesma família. Não tem como descrever. A vida da gente está difícil", lamenta. 

LEIA MAIS - Ribeirão registra 3 mortes de grávidas por Covid na pandemia


Outros casos
 
Ribeirão Preto já registrou outras duas mortes de mulheres grávidas por covid-19. Um caso aconteceu em setembro de 2020 e a criança também sobreviveu. A outra gestante que perdeu a vida, uma jovem de 17 anos, não foi identificada pela secretaria da Saúde - leia mais aqui.   
Na última semana, o governo estadual anunciou a vacinação para mulheres grávidas contra covid-19 a partir de 10 de junho. É válido lembrar que a vacinação acontece a partir do momento que os municípios recebem as doses do imunizante, quando é aberto o agendamento para vacinação.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON