Aguarde...

cotidiano

Covid: Região de Ribeirão Preto é a terceira na ocupação de UTIs

Das 17 regiões do Estado de São Paulo, apenas quatro tem ocupação abaixo de 80%: Grande SP, Campinas, Araçatuba e Baixada Santista

| ACidadeON/Ribeirao

Polo Covid 1 em Ribeirão Preto (Foto: Weber Sian / Arquivo ACidade ON

A região de Ribeirão Preto está ocupando um pódio nada agradável. De acordo com dados do Plano São Paulo, a região é a terceira com a maior ocupação de UTIs destinadas ao tratamento da covid-19.

Segundo números atualizados na tarde desta terça-feira, 8 de junho, a ocupação de UTIs na região de Ribeirão está em 94,6%. Marília tem a maior ocupação do Estado, com 95,3%, seguida pela região de Barretos, com 95,1%.

Apenas quatro regiões têm ocupação de UTIs abaixo de 80%: Grande São Paulo, Campinas, Araçatuba e Baixada Santista.


Leitos de UTI

Todas as 17 regiões do Estado apresentam indicador verde no número de leitos de UTI a cada 100 mil habitantes.

Mesmo assim, há uma disparidade grande na distribuição dos leitos no Estado. A região de Rio Preto possui 39,8 leitos a cada 100 mil habitantes. Já a região de Registro tem a metade, de 19,4.

Nesse quesito, a região de Ribeirão Preto é quarta, com 31,2 leitos a cada 100 mil habitantes.

Confira abaixo a ocupação de UTIs por região. Na frente, entre parênteses, o número de leitos de UTI a cada 100 mil habitantes.

Marília: 95,3% (24,7)
Barretos: 95,1% (28,7)
Ribeirão Preto: 94,6% (31,2)
Presidente Prudente: 92,9% (22,4)
Registro: 92,6% (19,4)
Franca: 91,2% (24,6)
S. J. da Boa Vista: 90,7% (19,9)
Sorocaba: 90% (21,1)
Bauru: 89,9% (22,7)
Araraquara: 87,8% (25,6)
Piracicaba: 87,6% (30,3)
Rio Preto 87,2% (39,8)
Taubaté: 83,4% (27,8)
Grande SP: 79,4% (33,1)
Campinas: 78,9% (27,9)
Araçatuba: 74% (22,7)
Baixada Santista: 70,3% (34,6) 

 
MAIS: Clique e veja quando é a próxima atualização do Plano SP


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON