cotidiano

Especial Coronavirus

VÍDEO: Infectologistas começam a vistoriar escolas de Ribeirão

Escola municipal da zona Leste foi a 1ª a receber equipe neste sábado (17); objetivo é averiguar se unidades estão aptas ao retorno presencial do estudantes

| ACidadeON/Ribeirao -

 

  
 
A equipe formada por três médicos infectologistas, contratada pela Secretaria da Educação de Ribeirão Preto, deu início, na manhã deste sábado (17), às vistorias em escolas das rede municipal de ensino. 

A primeira unidade vistoriada foi a Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Jarbas Massulo, no Parque São Sebastião, zona Leste da cidade. 

O objetivo é averiguar se as unidades estão aptas a receber os alunos no retorno às aulas presenciais, além de estabelecer critérios para que a retomada ocorra de forma segura durante a pandemia da covid-19.  
 
VEJA TAMBÉM: Maioria dos pais apoia volta às aulas, diz prefeitura

A próxima unidade visitada seria a Emef Professora Dercy Célia Seixas Ferrari, no Jardim Juliana, de acordo com a Secretaria Municipal da Educação. A escola também fica na região Leste.  
 
O infectologista Fernando Belíssimo Rodrigues comentou o trabalho realizado na escola. Além dele, a equipe também é formada por Valdes Roberto Bolella e Renata Teodoro Nascimento. 
  
"Diversos critérios têm sido avaliados: desde os espaços de entrada das escolas, ou seja, se são amplas o suficiente para evitar aglomerações na chegada dos alunos, passando pelos espaços em salas de aulas, alimentação, as rotinas de limpeza, a ventilação das salas de biblioteca, até a saída do aluno ao final do período", disse o médico. 
      


O secretário da Educação, Felipe Elias Miguel, também acompanha a vistoria. Segundo ele, o trabalho deve se estender pelos próximos 30 dias em outras 131 unidades da rede municipal. 
 
"Serão 132 escolas que passarão por essas vistorias. É uma equipe de infectologista contratada pela secretaria, que, nos próximos 30 dias, deve concluir essa atividade de verificação in loco das nossas escolas", declarou. 

A ação faz parte de um acordo entre a Prefeitura de Ribeirão, Sindicato dos Servidores Municipais e a Justiça do Trabalho.   

O acordo ainda prevê que a retomada das aulas ocorra somente com a vacinação integral dos profissionais da educação.  

Retomada 

De acordo com a Secretaria da Saúde de Ribeirão, aproximadamente 10 mil profissionais da educação já foram vacinados em quatro campanhas realizadas no município. Eles receberam os imunizantes CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen, esse último de dose única.  

Os profissionais que tomaram as primeiras doses da AstraZeneca e da Pfizer, em junho, só poderão receber o reforço no final de setembro. 

Isso contraria o retorno às atividades presenciais em 3 de agosto (ensino fundamental) e 23 de agosto (ensino infantil), considerando previsão da prefeitura.  

Por isso, a Educação pretende antecipar a segunda dose para estes profissionais. (clique e saiba mais)   

A secretaria, contudo, afirmou que está cumprindo todos os quesitos estabelecidos para o retorno o mais breve possível. (Com EPTV)
 

Equipe mede distância segura entre mesas durante vistoria em sala de aula (Imagem: Fábio Fuentes / EPTV) 

Publicidade