Aguarde...

cotidiano

Estado admite aulas presenciais obrigatórias em setembro

Na rede estadual de São Paulo, as escolas poderão retomar as aulas presenciais com até 100% dos alunos em agosto

| ACidadeON/Ribeirao

(Foto: divulgação/Sec. Educação SP)
 
O secretário da Educação de São Paulo, Rossieli Soares, afirmou que é avaliada a obrigatoriedade das aulas presenciais para os estudantes da rede estadual a partir de setembro. A declaração foi realizada na manhã desta terça-feira (20), no anúncio do Novo Ensino Médio. 

LEIA MAIS - Veja quais escolas de Ribeirão vão oferecer ensino integral
 
"Em agosto não há obrigatoriedade para família e nós vamos discutir as condições para obrigatoriedade a partir de setembro", declarou o secretário. O tema será debatido com o Comitê de Contingência da Covid-19, instituído pelo governo estadual.  

Segundo Rossieli, a partir de agosto todas as escolas da rede estadual deverão abrir as portas, podendo receber até 100% dos estudantes, conforme a capacidade. Contudo, as famílias ainda poderão decidir em manter o ensino à distância dos estudantes.  

Ainda de acordo com o secretário, a definição sobre o tema deve ocorrer até a segunda semana de agosto.  
 
Escolas abertas para acolhimento 

 
As escolas da rede estadual estão abertas para acolhimento dos alunos, com até 35% de capacidade, desde o início do ano. A nova regra do Plano São Paulo permite que a capacidade seja ampliada, desde que as escolas mantenham o distanciamento de 1 metro por aluno. 
 
A ida às escolas não é obrigatória, até o momento. Portanto, as famílias podem optar por manter os alunos apenas no ensino remoto.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON