Especial Covid-19

Especial Coronavirus

Educação de Ribeirão admite 2º semestre com aulas remotas

Secretaria da Educação de Ribeirão Preto anunciou volta das aulas presenciais para agosto, mas publicou resolução sobre ensino remoto

| ACidadeON/Ribeirao -

Prefeitura diz que aguarda decisão da Justiça  (Foto: Divulgação/CCS Ribeirão)
 
A secretaria da Educação de Ribeirão Preto publicou resolução no Diário Oficial do Município da última quarta-feira (28) que regulamenta o retorno das aulas no segundo semestre nas escolas da rede municipal na forma remota, como ocorre desde o início da pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

A resolução prevê a manutenção do sistema enquanto estiver em vigor as restrições. A resolução normatiza as aulas no segundo semestre, já que o município ainda aguarda a decisão da Justiça do Trabalho sobre o tema. 

Mesmo assim, a secretaria informou que trabalha com a possibilidade de retorno ao ensino presencial "o mais brevê possível". Em julho, o município anunciou a previsão para abertura das escolas partir de 3 de agosto no ensino fundamental e do dia 23, no ensino infantil.  

Contudo, um acordo da secretaria com o sindicato dos Servidores Municipais estipula que a volta às aulas ocorra apenas ao término da vacinação completa de todos os profissionais da educação, com as duas doses nos casos das vacinas que a exigem, como a da Pfizer, que foi utilizada e prevê a segunda dose após três meses.  

Além disso, é necessária a vistoria de toda estrutura escolar de Ribeirão Preto, por parte de médicos infectologistas, que começou há duas semanas, e a distribuição de equipamentos de proteção, como máscaras, por exemplo. O acordo foi chancelado pela Justiça do Trabalho.



Mais notícias


Publicidade