cotidiano

Especial Coronavirus

São Paulo vai suspender obrigação do uso de máscara? Não é bem assim

Governo paulista analisa a suspensão da obrigação do uso da proteção apenas em ambientes abertos e sem aglomerações

| ACidadeON/Ribeirao -

Máscara é forma eficaz de evitar o coronavírus (Foto: Pixabay)

Vários internautas vieram questionar o ACidade ON sobre o uso obrigatório de máscara. As dúvidas surgiram após a coletiva do Governo de São Paulo, realizada nesta quarta-feira (3), no Palácio dos Bandeirantes.

João Gabbardo, coordenador executivo do Comitê Científico da Covid-19, que dá suporte técnico ao Governo de São Paulo, disse que o uso de máscara obrigatório em espaços abertos e sem aglomerações pode ser suspenso a partir de 1° de dezembro de 2021.

Para isso, porém, o número de novos casos de covid-19, as internações e as mortes precisam seguir em queda. Outro fator colocado como obrigatório é ter 75% da população com o ciclo vacinal completo.

Se todo esse cenário for alcançado na última semana de novembro, o Governo de São Paulo vai suspender o uso de máscara em espaços abertos e sem aglomerações a partir de 1° de dezembro de 2021.

Para ambientes fechados, interior de veículos de transporte público e situações com aglomerações, a regra não se aplica - ou seja, a máscara vai continuar obrigatória mesmo após o dia 1° de dezembro.

Veja no vídeo abaixo o momento que João Gabbardo explica sobre a situação das máscaras:
 

Mais notícias


Publicidade