cotidiano

Especial Coronavirus

Estado confirma aulas presenciais para todos os alunos em 2022

Mesmo sem a vacinação integral de todas as crianças com idades entre 5 e 11 anos, Doria confirma aulas presenciais

| ACidadeON/Ribeirao -

Foto: Weber Sian / ACidade ON
 

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta quarta-feira (12) que as aulas presenciais com 100% dos alunos estão mantidas nas redes pública e privada do estado, mesmo que a vacinação não atinja integralmente, no início do ano letivo, as crianças com até 11 anos.  

LEIA MAIS - Covid: São Paulo abre pré-cadastro para vacinação de crianças  

"As aulas serão reiniciadas no dia 2 de fevereiro, conforme previsto. Independentemente de qualquer circunstância", afirmou o governador, em entrevista coletiva realizada no Palácio dos Bandeirantes, na Capital.  

"Todos os cuidados sanitários foram adotados junto aos professores, aos servidores e aos alunos para que possam ter um retorno seguro para suas aulas. As aulas presenciais estão confirmadas na rede pública e na rede privada", completou.  

O governador ainda afirmou que o País precisa adquirir mais doses do imunizante contra a covid-19 para suprir a demanda.  

"Nós temos 20 milhões de crianças na faixa etária de 5 a 11 anos no Brasil. 1,6 milhão de doses da vacina da Pfizer é quase uma amostra grátis diante do universo de 20 milhões de crianças que precisam ser vacinadas", declarou.  

Pré-cadastro  

Ainda sem data marcada, a vacinação contra covid-19 de crianças com idades entre 5 e 11 anos deve começar nos próximos dias. A campanha de imunização ainda depende da chegada de doses específicas da vacina da Pfizer, que devem ser entregues na quinta-feira (13).  

Enquanto isso, foi aberto nesta quarta-feira o pré-cadastro para vacinação das crianças nesta faixa etária na plataforma Vacinajá - clique aqui e veja como fazer.
 

Mais notícias


Publicidade