cotidiano

Especial Coronavirus

Covid: Saúde vai abrir mais 26 leitos na região de Ribeirão

Na última quarta-feira (26), o governo estadual anunciou 700 novos leitos após aumento de internações

| ACidadeON/Ribeirao -

Internações por covid-19 preocupam (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Com o aumento da demanda por vagas em hospitais, por conta da internação de pessoas no tratamento da covid-19, o DRS (Departamento Regional de Saúde) XIII, com sede em Ribeirão Preto vai receber 26 leitos, dos 700 anunciados pelo governo estadual na última quarta-feira (27).   
 
LEIA MAIS - Ribeirão Preto tem novo recorde de internações por covid-19

Segundo a secretaria estadual da Saúde, serão abertas no prazo de até 10 dias 24 vagas em leitos de enfermaria e duas vagas em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A pasta afirma que a medida foi tomada após análises técnicas junto ao Comitê Científico.  

Além de Ribeirão Preto, a DRS XIII é composta por outros 25 municípios:  

- Altinópolis, Barrinha, Batatais, Brodowski, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guariba, Guatapará, Jaboticabal, Jardinópolis, Luís Antônio, Monte Alto, Pitangueiras, Pontal, Pradópolis, Santa Cruz da Esperança, Santa Rita do Passa Quatro, Santa Rosa de Viterbo, Santo Antônio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana e Sertãozinho.  

Vagas em Ribeirão
 
As vagas que serão custeadas pelo governo estadual não têm relação com os novos leitos que também foram anunciados pela secretaria da Saúde de Ribeirão Preto na quarta-feira, que serão abertos no Hospital Santa Lydia.  

De acordo com o município, serão reservados mais 25 leitos de enfermaria e 10 de UTI para o tratamento dos pacientes acometidos pela covid-19. O município ainda informou que está em tratativas com a Santa Casa e Beneficência Portuguesa para a abertura de mais leitos.  

Internações em Ribeirão
 
Segundo a plataforma leitoscovid.org, Ribeirão Preto tem 129 pacientes internados com covid-19 na manhã desta quinta-feira (27). São 41 pessoas em estado grave, realizando tratamento em UTIs e 88 pessoas internadas em enfermarias.


Publicidade