Aguarde...

cotidiano

Professores são capacitados para alfabetizar alunos com deficiência

O curso é voltado para os profissionais da rede pública de ensino

| Especial para ACidade ON

Aulas são gratuitas e estão disponíveis para todos os estados e municípios brasileiros (Foto: Divulgação)
O Ministério da Educação (MEC) abriu vagas para capacitar 1200 professores da rede pública de ensino na alfabetização de estudantes portadores de deficiências. As aulas são gratuitas e estão disponíveis para todos os estados, municípios e o Distrito Federal.  

O aperfeiçoamento para auxiliar no aprendizado de alunos deficientes conta com uma carga horária total de 180 horas, compreendendo os meses de maio a outubro. A iniciativa é uma parceria do MEC com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), que irá propiciar um melhor rendimento na sala de aula, contribuindo, também, para valorizar a carreira do educador.  

Os professores da educação básica lotados no sistema público interessados na qualificação devem se inscrever até o dia 20 de março, na página do curso. Todos os inscritos irão passar por um processo de avaliação documental que comprove a atividade de ensino.  

De acordo com a UFSCar, o curso será fundamentado em mecanismos de facilitadores da aprendizagem de pessoas deficientes, respeitando as individualidades e as necessidades para cada público específico. Nas aulas, os instrutores irão abordar os aspectos de linguagem e a construção da leitura e da escrita.  

Além disso, o uso de recursos pedagógicos e de estratégias de ensino mais adequadas para cada estudante serão discutidos e dialogados com os professores em formação.  

O resultado final do processo seletivo de todos os candidatos aptos será publicado no site do curso, no dia 30 de março. Através do edital, também disponível na internet, é possível acessar mais detalhes do projeto.

Mais do ACidade ON