Publicidade

cotidiano

'Escolas poderão receber até 100% dos alunos', diz secretário

Na pandemia, escolas de São Paulo nas redes estadual e privada podem receber até 35% dos estudantes

| ACidadeON/Ribeirao -

Secretário da Educação de São Paulo, Rossieli Soares (Foto: Divulgação/Governo SP)
 
O secretário estadual da Educação de São Paulo, Rossieli Soares, afirmou que no segundo semestre de 2021, as escolas poderão receber até 100% dos alunos, por conta do novo protocolo que está sendo discutido pela pasta com o Comitê de Contingência da Covid-19. 

LEIA MAIS - Plano SP: Estado apresentará novas regras para aulas presenciais
 
Em entrevista para rádio CBN, Rossieli afirmou que a secretaria estuda medidas indicadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), que determina o distanciamento de um metro entre os alunos. De acordo com ele, isso permitiria abolir a limitação por percentual, que atualmente limita as aulas presenciais a 35% dos alunos.  

"Não teríamos mais atrelado ao percentual, mas a capacidade física de cada uma das escolas de fazer o atendimento. Esse é o desejo para o segundo semestre", declarou o secretário. Ele afirmou que se a escola tiver estrutura para seguir a regra, poderá receber até 100% dos alunos.  

Rossieli ainda declarou que a discussão sobre a obrigatoriedade das aulas presenciais nas escolas deve ser discutida nos próximos meses. "Nenhum lugar do mundo atrelou a volta às aulas com a vacinação dos jovens", afirma.  

LEIA MAIS - Vacina: Saúde abre novo agendamento para trabalhadores da educação


Mais notícias


Publicidade