Publicidade

cotidiano

Veja as regras para retorno presencial na rede estadual de ensino

A Secretaria Estadual de Saúde afirma que os profissionais só poderão retornar, após 14 dias da imunização da segunda dose ou dose única, da vacina contra a covid-19

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Foto: Divulgação

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, definiu as regras para a volta presencial dos servidores que estão em teletrabalho e já foram imunizados. A resolução consta no Diário Oficial (DO) publicado nesta quinta-feira (8), contudo as medidas começam a valer nas escolas estaduais a partir de segunda-feira (12).

De acordo com a Saúde, os profissionais só poderão retornar após 14 dias da imunização da segunda dose ou dose única da vacina contra a covid-19.  

O teletrabalho (home office) continua em vigência para os profissionais que fazem parte de grupo de risco e não puderem ser vacinados, conforme prescrição médica.  

LEIA MAIS - Doria diz que todos vão receber dose extra da vacina da covid-19

Ainda deverão permanecer nesta modalidade os servidores com suspeita ou diagnóstico positivo de Covid-19 atestada ou por recomendação do agente de vigilância epidemiológica.  

Servidores que, por opção, não tomem a primeira ou segunda dose no prazo originalmente definido pelo calendário de vacinação local, também deverão cumprir jornada presencial. 

Até nesta quinta-feira (8), cerca de 800 mil profissionais da educação básica de todas as redes no estado foram imunizados contra a covid-19. Desses quase 280 mil estão com o esquema vacinal completo, informou a Saúde. 

Mais notícias


Publicidade