ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Briga termina com tiros e homem preso no Parque Ribeirão

Discussão de vizinhos teria disso motivada por pipas e pombos; suspeito teria se irritado com a possibilidade da criação se machucar com linhas no asfalto

| ACidadeON/Ribeirao

Imagem ilustrativa (Foto: Pixabay)
 

Um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso em flagrante na manhã deste sábado (30), suspeito de atirar duas vezes contra a casa de um vizinho no Parque Ribeirão, zona Oeste de Ribeirão Preto. Ele chegou a confessar o crime e fazer ameaças a caminho da delegacia.  

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada às 9h42 na rua Vereador Antônio Nogueira de Oliveira e constatou a denúncia. As marcas dos disparos eram visíveis em uma das janelas.  

Aos policiais, a vítima, que também não teve o nome divulgado, disse que a discussão teve início porque seus filhos brincam na rua e, naquele dia, deixaram linhas soltas no asfalto. O suspeito se irritou com a possibilidade de os pombos que ele cria enroscarem o pé e se machucarem.  

Ameaças de morte  

Questionado sobre a arma, o preso afirmou que seu filho havia saído com ela, mas que o único arrependimento que sentia era o de não ter acertado a cabeça de seu desafeto. Por isso, foi encaminhado à CPJ (Central de Polícia Judiciária), onde continuou fazendo ameaças de morte.   

Consta no BO, ainda, que o crime de disparo de arma de fogo tem direito a fiança, mas o delegado do caso optou por não conceder o pagamento devido à constante afirmação do suspeito, que dizia: "posto em liberdade, vou cumprir a promessa de matar meu vizinho", registrou no documento policial.  

O homem foi encaminhado ao sistema carcerário na sequência. Já o revólver usado por ele teria sido descartado em um rio da avenida Luzitana. O filho do atirador se apresentou espontaneamente e registrou o fato, afirmando que tirou a arma das mãos do pai para evitar que algo pior acontecesse.




Comentários

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários