ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Motorista de 64 anos morre 5 dias após acidente na Anhanguera

Adalberto Vieira de Faria estava internado na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas. ele bateu com sua van contra a traseira de um caminhão

| ACidadeON/Ribeirao

Motorista ficou internado cinco dias na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas, mas não resistiu aos ferimentos (Foto: Renato Lopes / Especial)
 
A morte de Adalberto Vieira de Faria, 64 anos, foi registrada nesta terça-feira (3) pela Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. Ele estava internado havia cinco dias, tratando complicações causadas por um acidente de trânsito na rodovia Anhanguera, próximo a Jardinópolis.  

No dia, o caso foi relatado à Polícia Civil como lesão corporal culposa. Ele dirigia uma van, no sentido Capital da via, e teria batido na traseira de um caminhão, às 00h30 do dia 28 de junho.  

Com o forte impacto da colisão, a vítima ficou ferida e precisou ser socorrida pelo Resgate da concessionária Autovias, que administra aquele trecho, ao HC-UE. O outro motorista, identificado Juvenal Balbino, 52, não precisou de atendimento médico. 

O teste do bafômetro não foi realizado, já que, segundo relato da Polícia Militar Rodoviária no primeiro registro, as partes não apresentavam sinais de embriaguez. A perícia, no entanto, também foi acionada e constatou que os veículos não estavam irregulares. 

As causas do acidente ainda devem ser apuradas. Mas, na tarde passada, a morte de Adalberto foi comunicada aos familiares. Ele era natural de Altinópolis, trabalhava como comerciante, casado e morava no Jardim Piratininga, zona Oeste de Ribeirão.



Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também