ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Morre homem espancado na avenida Brasil, em Ribeirão

Vítima foi encontrada na madrugada com traumatismo craniano e foi internada em estado gravíssimo na Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos

| ACidadeON/Ribeirao

Homem ainda não identificado morreu horas depois de dar entrada em estado grave na Santa Casa (Fotos: Weber Sian / A Cidade)
 

A assessoria de imprensa da Santa Casa de Ribeirão Preto confirmou, no início da tarde desta quarta-feira (4), que o homem encontrado pela Polícia Militar durante a madrugada com sinais de espancamento morreu no hospital. Ele sofreu traumatismo craniano e não resistiu aos ferimentos.  

Os documentos de identidade dele, no entanto, não foram localizados. ACidade ON apurou que o corpo não chegou no IML (Instituto Médico Legal), mas deve ser encaminhado ainda hoje.  

Informações de reconhecimento podem ser tratadas diretamente na unidade, ou pelo telefone 3633-4009. O homem era pardo, com cabelos raspados e tatuagem no antebraço direito de um diabo da Tasmânia. No esquerdo, a imagem de Nossa Senhora. Também tinha tatuagens nas pernas.  

Esta é o terceira pessoa espancada que morre na cidade em cinco dias. As duas primeiras foram encontradas na última sexta-feira (29), na Cidade Universitária. Claudemir Dantas de Souza, 41 anos, era uma das vítimas. O outro permanece sem reconhecimento.  

Relembre o caso  

O major da Polícia Militar Marco Aurélio Gritti, responsável pelo patrulhamento da região Norte de Ribeirão Preto, informou que as viaturas foram acionadas às 00h30, entre a avenida Brasil e rua Buenos Aires.  

"O homem foi encontrado caído em uma calçada e perdendo muito sangue pelo nariz, mas já estava sendo socorrido. Ainda não sabemos quem são os autores", informou o oficial.  

Ele estava sem documentos e foi internado em estado gravíssimo, com traumatismo craniano, na Santa Casa do município. Não resistiu e morreu no final da manhã.

Comentários

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários