Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Golpe da venda de carro pela internet faz 2 vítimas em 2 horas

Juntas, as vítimas tiveram prejuízo de R$ 77 mil pela compra de um caminhão e um carro; veículos nunca foram entregues

| ACidadeON/Ribeirao


Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação Pixabay)
 

Em menos de duas horas desta quinta-feira (5), duas pessoas procuraram a Polícia Civil de Ribeirão Preto para denunciar que foram vítimas de golpe de venda de carro por aplicativo.   Juntas, as vítimas tiveram prejuízo de R$ 77 mil pela compra de um caminhão e um carro. Os veículos, porém, nunca foram entregues aos compradores.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, dois homens, de 25 e 51 anos, foram enganados por um terceiro, que teria recebido R$ 40 mil em dinheiro por um caminhão.  

A suspeita é que o estelionatário, identificado apenas como Marcos, tenha utilizado as fotos e informações de um anúncio da OLX para efetuar a venda no Mato Grosso do Sul. No esquema arquitetado por Marcos, que ainda deve ser investigado, ele se passou primeiro por comprador e depois vendedor.  

Entendo o caso  

Consta no BO que Marcos entrou em contato com o verdadeiro dono, na última terça-feira (3), e combinou de comprar o veículo por R$ 88 mil, o qual usuária como pagamento de uma ação trabalhista. Porém, também o vendeu, antes mesmo de compra-lo, a um morador de Guia Lopes da Laguna-MS.  

O mesmo chegou a vir para Ribeirão e encontrar com o real proprietário do caminhão, mas ambos teriam sido orientados antecipadamente por Marcos a não comentarem detalhes da negociação. O álibi do estelionatário era o pagamento até então sigiloso de um processo a um ex-funcionário.  

No fim da tarde, o gaúcho confirmou a compra do veículo, cujo preço conseguiu negociar por R$ 52 mil - sendo R$ 40 mil em depósito bancário e R$ 12 mil em cheque. O veículo, porém, nunca foi entregue.  

À polícia, as vítimas disseram que perceberam o golpe após a transação e não localizaram o suspeito novamente.  

Outro golpe 

O segundo golpe, igualmente negociado pela internet e entre três pessoas, pode ter sido aplicado pelo mesmo homem citado acima, já que as iniciais relatadas pelas vítimas e desculpa para que as partes não conversassem sobre valores eram as mesmas.  

Um carro anunciado originalmente por R$ 46 mil no aplicativo foi o veículo utilizado pelo estelionatário. Mais uma vez, o suspeito teria negociado a compra por telefone, mas repassado o anúncio a um homem de Brodowski, 30, por R$ 37 mil.  

O valor abaixado da tabela teria sido justificado por uma dívida que M.B., como se apresentou neste caso, tinha com o cunhado. No entanto, os novos vendedor ou comprador foram orientados a não exporem suas intenções durante o encontro de avaliação do veículo por causa de um processo trabalhista.  

Em seguida, a TED (Transferência Eletrônica Disponível) foi feita pelo brodosquiano ao golpista. Mais uma vez, o veículo não foi entregue.  

Procurados pela manhã, os delegados da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) não foram encontrados para comentarem os casos ou se as investigações já foram iniciadas.
 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também