Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Após seis meses, vítimas ainda aguardam laudo de acidente na Régis Bittencourt

Em janeiro deste ano, uma pessoa morreu, 25 ficaram feridas e outras cinco precisaram ser socorridas em estado grave depois de uma colisão

| ACidadeON/Ribeirao

  

Maria Conceição e Romira estavam na excursão (Foto: Reprodução EPTV)

Há seis meses, Maria Conceição e o seu marido, Romiro dos Reis, ainda aguardam uma resposta sobre o que teria causado um grave acidente de ônibus na rodovia Regis Bittencourt, próximo a Miracatu (SP), no início deste ano. Uma pessoa morreu, 25 ficaram feridas e outras cinco precisaram ser socorridas em estado grave.  

O veículo, que saiu de Pontal com 43 passageiros e tinha como destino a cidade de Camboriú (SC), bateu na traseira de um caminhão de peixe. O motorista da excursão não resistiu aos ferimentos e morreu no local.  

Já o casal de aposentados, que a bordo, sofreu fraturas nas costelas. "Me lembro de levantar para pegar um lanche e sentir a batida. O barulho foi de um estouro", ela afirma.  

Na época, a informação era de que o laudo sobre a causa do acidente sairia em até 60 dias, mas até hoje as vítimas aguardam um posicionamento da investigação e da empresa responsável pelo transporte, a Viação Sertanezina.  

"Sempre nos dizem que ainda não pegaram, não foi feito ou que não concluiu. A verdade é que não tivemos uma resposta", conclui.  

Investigação  

Após a colisão, foi divulgado que o ônibus que levava os passageiros havia sido trocado em Pirassununga, já que o primeiro apresentou problemas mecânicos.  

"Se for comprovada a falha mecânica no segundo, isso poderia orientar uma ação judicial. As pessoas poderiam usá-lo para questionar na Justiça por que esse ônibus não foi mantido de forma correta e gerar uma indenização pelo acidente", ressalta Igor Savenhago, genro de uma das vítimas. (Com EPTV)

Outro lado  

Questionada pela EPTV, a SSP (Secretaria de Segurança Pública) informou que, por conta do feriado, não conseguiria responder a demanda. Já a Viação Sertanezina não se posicionou sobre o caso.  



Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também