ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Casal de empresários é libertado após pagamento de resgate

Marido e mulher foram rendidos em São José do Rio Pardo e trazidos para Ribeirão Preto; mulher ficou em poder dos criminosos até o marido entregar R$ 35 mil

| ACidadeON/Ribeirao

 

Carro das vítmas foi usado no sequestro (Fotos: Ricardo Canaveze / ACidade ON)

Um casal de empresários, dono de três lotéricas, foi feito refém na noite desta segunda-feira (9), em São José do Rio Pardo, e libertado em Ribeirão Preto, na madrugada desta terça-feira (10). A mulher, de 55 anos, ainda ficou em poder dos bandidos até que o marido, 63, voltasse sozinho para a cidade de origem, distante 130 quilômetros de Ribeirão, pegasse aproximadamente R$ 35 mil em duas lotéricas e pagasse um resgate. 

Segundo a PM (Polícia Militar), três assaltantes, sendo dois armados com revólveres, conseguiram fugir.  

O casal foi rendido quando chegava à residência deles em um bairro nobre de Rio Pardo. Dois assaltantes estavam no interior da casa quando eles abriram o portão da garagem. O próprio carro das vítimas foi usado no crime. 

Os criminosos ordenaram que o dinheiro do resgate fosse deixado próximo ao Parque das Artes, na zona Sul de Ribeirão. 

Somente após conseguirem pegar os R$ 35 mil de resgate é que a mulher foi libertada. Ela permaneceu com os assaltantes no Planalto Verde, zona Oeste. Nenhuma das vítimas sofreu agressão física. 

 O crime, que está sendo registrado neste momento na CPJ (Central de Polícia Judiciária), deverá ser investigado pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Ribeirão Preto.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também