Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Motorista de aplicativo é assaltado e fica até sem os sapatos

Após render o motorista, os criminosos exigiram que ele saísse do veículo, assumiram a direção, e foram rumo a avenida Costa e Silva, na zona Norte

| ACidadeON/Ribeirao

 

Motorista recebeu chamado pelo aplicativo (Foto: Pixabay)
Um motorista de aplicativo, de 33 anos, se tornou mais uma vítima dos criminosos em Ribeirão Preto. O assalto ocorreu na quinta (16), mas o boletim de ocorrência só foi registrado na Central de Polícia Judiciária na madrugada desta terça (20).  

O motorista, que prefere não se identificar, teve o carro, de marca Chevrolet Onix, um aparelho celular, documentos, R$ 150 e até o tênis levado por três criminosos. Um deles, chegou a dar uma gravata no motorista.  

O veículo foi recuperado no mesmo dia do assalto, devido ao rastreador.
 
Chamado  

Por volta das 21h30, um usuário, de nome Vinicius, utilizou o aplicativo 99 para acionar o carro por volta das 21h30, com destino a um campo da Vila Carvalho. 

O motorista teria aceitado o chamado, e ido até a rua Itajubá, no bairro José Sampaio Júnior, zona Norte da cidade.  

Ao chegar no local, três rapazes teriam embarcado no veículo. "Não desconfiei em nenhum momento, porque pego diversos passageiros em todos os bairros. Só fui desconfiar, e ter suspeita, quando cheguei na Vila Carvalho", afirmou o motorista.  

Os criminosos teriam enrolado a vítima, e simulado que precisavam pegar mais um passageiro. No momento em que parou o carro, para que outro passageiro pudesse entrar, os ladrões anunciaram o assalto.  
"O que estava no banco de trás, me deu uma gravata para me segurar, me ameaçar, dizendo que estava armado, e que não era para eu fazer nada. Já o ladrão que estava ao meu lado, começou a me revistar", afirmou.  

Após render o motorista, os criminosos exigiram que ele saísse do veículo, assumiram a direção, e foram rumo a avenida Costa e Silva, na zona Norte 

Abandonado, e sem sapatos, a vítima andou até encontrar um orelhão, e acionou a Polícia Militar, que foi até o local. Através de um aplicativo de rastreamento, eles conseguiram ver o local em que o carro foi abandonado: na rua Paranaguá.  

O carro estava sem a chave, e sem os documentos. Os policiais acompanharam o motorista até a sua casa, e pegaram a chave reserva. "Chegamos no carro, e estava estacionado na rua, destravado, e sem a chave", afirmou.  

Frustração  

Segundo o motorista, ser assaltado desta forma, é frustrante. "Até hoje, corro atrás do prejuízo, para fazer novos documentos, chave do carro. Não é apenas o prejuízo emocional, e material, mas também o depois do assalto", disse.  

A partir de agora, ele irá ficar atento aos passageiros, para que não passe novamente por este pesadelo. "Agora ficarei mais atento aos meus passageiros, e só vou embarcar pessoas que realmente estejam saindo de casa", afirmou.    

Outro caso

Um dia depois, no sábado (17), por volta das 22h, outro motorista de aplicativo, de 26 anos, também foi rendido e teve o carro roubado por dois homens, que se passaram por passageiros. (Germano Neto com supervisão de Marcelo Fontes)

Resposta  

A assessoria da 99 informou por nota, que se solidariza com a vítima, e está em contato para que ela receba o apoio necessário, e está aberta a colaborar com a polícia. 

A nota também informou, que a empresa trabalha 24 horas por dia, 7 dias por semana, para colaborar com a segurança, e conta com uma equipe de segurança formada por mais de 50 pessoas, que cuidam da proteção dos usuários, mapeamento de áreas de risco que envia aos motoristas notificações sobre zonas perigosos, canal de atendimento exclusivo para incidentes de segurança. Além disso, o aplicativo também pede que todos os passageiros coloquem CPF ou cartão de crédito, antes da primeira corrida.  O aplicativo também realiza rodadas de treinamento para motoristas, com dicas práticas de proteção.


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também