Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Internauta procura a polícia após enviar fotos nuas e receber ameaça

Dois perfis possivelmente falsos teriam compartilhado as imagens em grupos de pornografia na internet; adolescente também denuncia chantagem nas redes sociais

| ACidadeON/Ribeirao

Vítima diz que posou nu em frente webcam e imagens foram usadas para extorsão
 

NOTÍCIA ATUALIZADA ÀS 9H47 DESTA SEGUNDA-FEIRA (7) 

Uma pessoa de 26 anos, que não teve o nome revelado, procurou a Polícia Civil neste sábado (5) para denunciar o possível compartilhamento de duas fotos suas, onde estava nua, em grupos de WhatsApp.  

O caso, ocorrido na última quarta-feira (2), em Ribeirão Preto, foi registrado como divulgação de cena de estupro e imagens de nudez, sexo ou pornografia.  

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a vítima teria conhecido um rapaz nas redes sociais e trocado telefones ainda no início do ano, quando chegou a mandar fotos do próprio corpo, mas sem mostrar o rosto. Logo em seguida, afirma ter apagado as mesmas.  

A suspeita é que o dono do perfil tenha tirado um print (mecanismo onde é possível capturar o conteúdo da tela) e finaliza o contato entre eles.  

Consta no BO que, logo em seguida, outro número desconhecido adicionou a pessoa denunciante dizendo que havia recebido fotos dela, postadas em um grupo de pornografia da internet, e chegou a mandar uma em frente a sua residência. 

A vítima disse, ainda, que ambos os contatos podem ser falsos. Agora, os policiais devem investigar o caso.  

Fotos vazadas 

Além da ocorrência registrada por um internauta neste sábado (5), onde relatou ter enviado fotos nuas a um perfil possivelmente falso e recebido ameaças, uma adolescente de 14 anos também procurou a Polícia Civil de Ribeirão Preto para denunciar o crime na internet.  

Neste domingo (6), a menina e o pai dela contaram aos policiais que um homem, nomeado em sua página como Mr.Bim, a adicionou no Facebook e começou a mandar e solicitar nudes em uma conversa particular.  

Duas imagens onde aparecem seus seios teriam sido enviadas ao suspeito, que utilizou disso para chantageá-la.  

O autor dizia que, caso parasse de se fotografar, postaria o arquivo nas redes sociais. Para provar, chegou a enviar fotos de outra pessoa, aparentemente também menor de idade, em várias posições.  

Diante disso, o pai da vítima foi orientado a apresentar a denuncia e imagens em mídia na DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) para que o caso seja investigado e o autor identificado.




Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook