Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Ex-jogador do Botafogo é preso acusado de agredir mulher

Namorada afirma que Wesley teria lhe agredido e ameaçado com faca após chegar bêbado em casa, em Sales Oliveira; jogador não quis comentar o caso

| ACidadeON/Ribeirao

Wesley é acusado de agredir namorada (Foto: Reprodução / EPTV)


O atacante Wesley, que já jogou no Botafogo e atualmente é do Santos, foi preso acusado de ter ameaçado a namorada com uma faca em Sales Oliveira.

A namorada de Wesley afirmou à Polícia Civil, segundo o boletim de ocorrência, que a briga teria acontecido na casa que o jogador tem na cidade. Ela estava na sala com a filha de 4 anos de outro relacionamento quando ele teria chegado bêbado, a ameaçando com uma faca. No BO também é relatado que Wesley agrediu a companheira com tapas, socos e chegou a agredi-la com uma faca.

Ela ligou para a polícia, que prendeu o jogador e o levou para a cadeia de São Joaquim da Barra. Wesley passou por uma audiência de custódia na tarde desta segunda-feira (7) e foi liberado da prisão, mas vai responder por violência doméstica.

A EPTV entrou em contato com Wesley, que disse que não quer comentar o caso. A vítima afirmou à EPTV que conseguiu uma medida protetiva contra o jogador.

Carreira

Wesley é uma das principais revelações do Botafogo nos últimos anos. Ele foi destaque na Copa São Paulo Júnior de 2015 e a partir daí passou a fazer parte do time profissional.

Ele chamou a atenção do Santos que o contratou em definitivo. Na Vila Belmiro foram poucos jogos com a camisa do Peixe, pois em 2018 ele retornou por empréstimo ao Fogão e agora tinha acertado com o Bragantino para disputar o Paulistão. (Com EPTV)

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook