Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Pai rebate suspeita de maus-tratos contra bebê de 8 meses

Procurado, ele confirmou a versão relatada no boletim de ocorrência; bebê teria caído da cama, fraturado o braço e batido o rosto

| ACidadeON/Ribeirao

Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação/ Pixabay)
 

O pai de um bebê, de 8 meses, que pode ter sido vítima de maus-tratos, de acordo com informações do BO registrado pelo HC-UE (Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas), rebateu a suspeita na manhã desta quinta-feira (10).  

À CBN Ribeirão, o homem reafirmou que os ferimentos foram causados por uma queda acidental da cama. A família mora na Vila Albertina, zona Norte da cidade.  

"Eu acordei e percebi. Falei pra minha mulher: olha o bracinho dela, mas ela falou que era normal. Quando fui lavar roupa, ela me chamou e disse que tinha saído lugar", explica.  

"Fiquei muito triste com o que aconteceu [denúncia], porque não precisava fazer isso. Minha filha precisa de amor e carinho. Não de ser judiada. Sou contra fazer isso", ele completa.  

A criança foi atendida na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas precisou ser transferida para o centro especializado. No CTI (Centro de Terapia Intensiva), a equipe responsável desconfiou do quadro, acionou o Conselho Tutelar e relatou os fatos à Polícia Civil.  

Ela apresentava fratura nos braços e hematomas pelo rosto no primeiro atendimento.  

O setor de comunicação do centro médico também foi procurado pelo ACidade ON, mas não comentou o caso. O estado de saúde da paciente também não foi divulgado.  

Agora, o caso será investigado pelas autoridades.  

LEIA MAIS
Bebê de 8 meses é suspeito de ter sido vítima de maus-tratos

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook