Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Pai é suspeito de estuprar filha de 5 anos em Batatais

Criança foi internada no HC-UE após mãe notar que vagina da criança estava lesionada; acusado teria pegado criança sem consentimento da mãe e cometido abuso

| ACidadeON/Ribeirao

 

Criança deve passar por exame no IML

Uma mulher, de 32 anos, afirmou que sua filha, de cinco anos, teria sido abusada sexualmente por seu pai.

De acordo com o boletim de ocorrência (BO), registrado na madrugada deste sábado (9), a mulher trabalha como cuidadora de idosos em Cravinhos e aos finais de semana volta à sua residência, em Batatais. Seus filhos ficam sob os cuidados de uma babá enquanto ela trabalha. A mãe conta que nesta sexta-feira (8) havia voltado para sua casa, como de costume, e foi dar banho em sua filha de cinco anos, quando ela reclamou de dores na vagina.  

Ela então observou que a região indicada estava lesionada e levou a filha até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Batatais, sendo depois encaminhada à Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas para avaliação médica. Segundo o BO, a criança teria revelado para a mãe que seu pai teria introduzido os dedos em sua vagina, quando a levou para sua casa em dois dias da semana, sem o consentimento da mãe.  

A menina também teria afirmado que durante esta semana, não sabendo precisar qual dia, seu irmão, de seis anos, e sua prima, de cinco anos, também teriam introduzido os dedos nela.  

No hospital a vítima confirmou à assistente social os relatos sobre seu irmão e sua prima, mas não confirmou na entrevista que seu pai teria participado da situação. Foi expedida uma requisição ao IML (Instituto Médico Legal) para a realização de exame.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook