Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Pablo tem pedido de habeas corpus negado pelo TJ-SP

Empresário foi condenado 20 anos depois por ter arrastado uma garota de programa por mais de dois quilômetros em Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao

Pablo (Centro) foi julgado no Fórum de Ribeirão Preto em 2016
 

O empresário Pablo Russel Rocha, condenado pela morte da garota de programa Selma Heloísa Artigas, teve um pedido de habeas corpus negado pelo TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo). 

O pedido foi negado por votação unânime de todos os desembargadores nesta segunda-feira (11). Pablo está foragido desde dezembro de 2018 e, de acordo com a Justiça de São Paulo, o homem não teve o passaporte apreendido.

Entenda o caso 

O crime foi registrado há 20 anos, na zona Sul de Ribeirão Preto. À época, a vítima, que era conhecida como Nicole, foi arrastada pelo carro do procurado por aproximadamente dois quilômetros. A defesa, no entanto, sempre alegou que ele não teria percebido o acidente.

No dia 7 de dezembro deste ano, ficou decidido em audiência que Pablo deveria cumprir pena de 24 anos de prisão. Ele chegou a ser preso duas vezes durante a investigação, mas acabou conseguinte o direito de recorrer a sentença em liberdade.  

Desde então, a polícia procurou o empresário em Ribeirão e no Paraná, onde estaria morando nos últimos meses, mas não o encontrou. A Justiça informou, ainda, que não tem informações relacionadas ao foragido ter deixado o País.  

LEIA MAIS
Polícia Seccional recebe mandado de prisão contra Pablo
Justiça manda prender Pablo 20 anos após a morte de Nicole

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também