Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Homem é preso suspeito de agredir a ex-mulher com martelo

Vítima de 44 anos foi socorrida com ferimentos graves na cabeça em casa na zona Norte de Ribeirão Preto, segundo a polícia; homem não teria aceitado fim do relacionamento

| ACidadeON/Ribeirao

O martelo que teria sido utilizado na agressão é semelhante ao da foto (Foto de arquivo: Divulgação / Polícia Militar)
 

Um homem de 48 anos foi preso na noite desta segunda-feira (11) por suspeita de agredir a ex-mulher com golpes de martelo, na própria casa da vítima, no Jardim Aeroporto, zona Norte de Ribeirão Preto.  

O homem, que é serralheiro, não teria aceitado a separação do casal e foi até a residência da vítima para tentar reatar o relacionamento de 26 anos.  

Ele teria declarado aos policiais militares que levou uma caixa de ferramentas onde estava o martelo para consertar um chuveiro no imóvel.  

A mulher foi socorrida por vizinhos até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Treze de Maio.  

Segundo o boletim de ocorrência (BO), ela teria sofrido traumatismo craniano, além de fraturas no braço esquerdo e em um dos dedos da mão esquerda, e lesão na orelha esquerda. A vítima aguardava vaga para transferência a um hospital.  

O relacionamento do casal gerou dois filhos, ambos maiores de idade hoje.  

O homem foi levado à CPJ (Central de Polícia Judiciária) da rua Duque de Caxias e passaria por audiência de custódia nesta terça-feira (12). Ele vai responder por tentativa de homicídio, com feminicídio, e violência doméstica.  

O martelo que teria sido utilizado na agressão foi apreendido com marcas de sangue.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook