Aguarde...

cotidiano

Homem que agrediu a ex morre em confronto com a polícia

Francisco bateu na ex-namorada com uma barra de ferro; Ele fugiu para a Bahia, foi localizado e morreu em troca de tiros com a PM

| ACidadeON/Ribeirao


Francisco Felipe morreu em confronto com a PM Baiana (Imagem: reprodução)
Francisco Felipe da Silva Almeida, de 22 anos, que espancou a ex-namorada com uma barra de ferro na cidade de Guará-SP morreu em confronto com a polícia, na sexta-feira (29), no distrito de Ourives, município de Tunhaçu, no interior da Bahia.

Comunicada pela Polícia Militar paulista sobre a possibilidade de Francisco estar em Ourives, a Polícia Militar da Bahia se dirigiu até o local onde ele deveria estar. O acusado desobedeceu a ordem para se entregar e passou a atirar contra a PM. Os policiais reagiram e balearam Francisco.

O acusado chegou a ser socorrido, mas morreu na unidade de saúde. Com ele, foi apreendido um revólver calibre 38 (com 5 munições deflagradas, 1 intacta e 3 sobressalentes), além de dois tabletes grandes (400 gramas) a maconha.


O caso

No dia 16 de novembro, Beatriz da Silva de Souza, de 15 anos, foi agredida com barra de ferro pelo ex-namorado. O caso ocorreu na cidade de Guará, a 100 quilômetros de Ribeirão Preto.

A jovem foi socorrida à Santa Casa, com fraturas nos dois braços e ferimentos no rosto, além de apresentar confusão mental e dificuldade para enxergar.

"Eu espero que a justiça seja feita e que ele seja preso e punido por tudo que fez com a minha filha", afirmou Juliana Santos de Lima, mãe da vítima, em entrevista à EPTV no dia 18 de novembro. 


LEIA MAIS
Polícia procura homem acusado de agredir a ex com barra de ferro



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON