Aguarde...

cotidiano

Homem que matou a ex-mulher deve passar por cirurgia

Gerson assassinou a ex-companheira Joyce e depois tentou suicídio; Eles têm dois filhos e se separaram há 3 meses

| ACidadeON/Ribeirao




O empresário Gerson Aparecido Machado, de 39 anos, segue na UTI da Santa Casa de Sertãozinho com indicação para uma cirurgia. Na segunda-feira (9), ele atirou e matou a ex-mulher Joyce Mara Sanches, de 34 anos, e depois tentou suicídio. O ex-casal tem dois filhos.

Segundo nota da Santa Casa, o estado de saúde de Gerson "inspira cuidados". Ele responde por feminicídio e está sob escolta policial.

O delegado Targino Osório, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Sertãozinho, afirma que Gerson já havia realizado ameaças contra a ex-esposa. Joyce separou de Gérson há três meses. 

 
LEIA MAIS 
Mulher morta em Sertãozinho sofria ameaças do ex-marido

 

"Ela tinha um processo de divórcio, e saíram algumas medidas quando se tomou conhecimento disso [das ameaças]", explica o delegado.

Segundo testemunhas ouvidas pela Polícia após o crime, a vítima foi alvo de vários disparos, chegou ser socorrida para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Sertãozinho, porém, ela não resistiu aos ferimentos. 
 
POLÍCIA FOI ACIONADA, MAS A JOVEM MORREU A CAMINHO DA UPA: 


Mais do ACidade ON