Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Mulher é suspeita de abastecer o carro e fugir sem pagar

Divergência no valor e volume de combustível teria ocasionado desentendimento entre cliente e frentista, em posto na zona Norte de Ribeirão Preto; caso é investigado

| ACidadeON/Ribeirao

Prejuízo para a frentista teria sido de aproximadamente R$ 120 (Imagem ilustrativa: Pixabay)
 

Uma mulher é suspeita de abastecer o veículo e fugir sem pagar pelo combustível em um posto nos Campos Elíseos, zona Norte de Ribeirão Preto. O caso teria ocorrido na tarde da última quinta-feira (9) e, até o registro do boletim de ocorrência (BO), nesta terça (14), ela não havia retornado ao estabelecimento para efetuar o pagamento.

De acordo com o BO, a mulher teria pedido à frentista que abastecesse apenas R$ 30 de etanol. No entanto, a frentista, por engano, completou o tanque do carro.

Ao notar a conta, a suspeita teria iniciado uma discussão com a funcionária do posto e pedido para que fosse retirado o excedente do tanque.  

A frentista disse que teria ido pegar os equipamentos para realizar a retirada, mas a suspeita acabou deixando do local com o carro, não pagando até pelo valor de R$ 30 que supostamente teria pedido para abastecer. 

A funcionária, então, teria conseguido alcançar a suspeita em um semáforo próximo do posto, quando a mulher teria dito que iria buscar o marido para que ele realizasse o pagamento, porém não mais voltou. O carro, contudo, foi identificado pela placa, já informada à polícia.

A funcionária declarou no BO que teve descontado de seu salário aproximadamente R$ 120, referentes ao abastecimento. 

O caso foi registrado como apropriação de coisa havida por erro, na CPJ (Central de Polícia Judiciária), no Centro da cidade, e será investigado pela Polícia Civil.

Mais do ACidade ON