Aguarde...

cotidiano

Polícia resgata 14 pássaros e multa homem em R$ 11,5 mil

Denúncia apontou que aves silvestres eram mantidas em cativeiro ilegal na casa do suspeito, em Severínia; Veja o vídeo do resgate

| ACidadeON/Ribeirao

(Imagem: Reprodução / Polícia Ambiental de Barretos)
 
A Polícia Ambiental de Barretos resgatou, nesta terça-feira (5), 14 pássaros silvestres que eram mantidos em cativeiro em uma casa na cidade de Severínia (veja abaixo o vídeo). O proprietário da residência, que não tinha licença para cuidar das aves, acabou sendo multado em R$ 11,5 mil.  
 
Segundo informações da Polícia Ambiental, os policiais teriam sido informados por denúncia anônima de que as as aves eram mantidas ilegalmente em cativeiro.   
 

CLIQUE E LEIA MAIS NOTÍCIAS EM RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO  

 
De acordo com o registro policial, o dono da residência teria alegado aos agentes que havia capturado os pássaros no quintal de casa. Ainda na abordagem, o homem também teria dito que pretendia alimentar os animais e, posteriormente, soltá-los em seu sítio.  
 
Foram apreendidos cinco canários-da-terra, cinco bigodinhos, dois pintassilgos-de-cabeça-preta, um azulão e um cabloquinho. Este último, por sua vez, corre o risco de ser extinto.   
 
Segundo a Polícia Ambiental, todas as espécies resgatadas foram submetidas a uma avaliação médica veterinária, sendo após libertadas em uma mata nativa da região. Duas aves, no entanto, precisaram ser encaminhadas a um viveiro de triagem de aves silvestres, para trabalho de readaptação à natureza.  
 
O dono da residência acabou sendo autuado flagrante pela Lei de Crimes Ambientais 9605/98. Além da multa aplicada, ele também está sujeito a cumprir pena de detenção que varia de seis meses a um ano.  

 


Mais do ACidade ON