Aguarde...

cotidiano

Ribeirão: Vigia morre após ser atacado por cães em obra

Vítima de 54 anos foi encontrada sem vida na manhã deste sábado (27), em galpão em construção no Jardim Anhanguera, zona Leste; caso será investigado

| ACidadeON/Ribeirao

 

Vítima trabalhava em obra na zona Leste de Ribeirão Preto (Foto: Marcius Ariel / CBN Ribeirão Preto)
Atualizada às 12h51 

Um vigia de 54 anos foi encontrado morto na manhã deste sábado (27), depois de ser atacado por cães de guarda enquanto trabalhava em uma obra, no Recreio Anhanguera, zona Leste de Ribeirão Preto. 

Segundo a PM (Polícia Militar) informou à CBN Ribeirão, os cães da raça pit bull pertenceriam a uma empresa terceirizada, que teria sido contratada pelo responsável pela obra. No local, na rua José Domingos Machado, está sendo construído um galpão.

CLIQUE E SAIBA O QUE É NOTÍCIA EM RIBEIRÃO PRETO

Ainda conforme as informações, o contrato, contudo, teria sido cancelado e ainda não se sabe o motivo de os animais terem sido levados até a obra na noite desta sexta-feira (26).

Não há informações, porém, se a empresa dona dos cães sabia da presença do vigia na obra.  

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado nesta manhã e compareceu ao imóvel, mas a vítima já estava sem vida.  

Esse era o primeiro dia de trabalho da vítima na construção.

O boletim de ocorrência (BO) deverá ser registrado como homicídio culposo - sem intenção -  e a Polícia Civil deverá apurar o caso. 

Outro lado

O advogado da empresa responsável pela obra, Hugo Amorim Cortez, confirmou que o contrato para aluguel dos cães havia sido encerrado.  

"Essa fatalidade decorreu provavelmente por um problema por parte da empresa que faz a locação dos cães. Às 11h30 [nesta sexta, dia 26] eles foram avisados de que o contrato havia cessado, inclusive relatando que seria colocado um vigia", disse. 

Ainda conforme o advogado, um parente da vítima teria ido até o galpão levar café para o vigia, mas ele não respondeu aos chamados.  

A empresa responsável pela obra afirmou que vai prestar toda assistência necessária à família da vítima. 

Já empresa de aluguel de cães informou que irá apurar o ocorrido.  

O proprietário está em viagem, mas tomou ciência do ocorrido e lamentou a tragédia, de acordo com a empresa.   

A mesma empresa seria dona de dois cães que escaparam de uma obra e atacaram um idoso no Parque dos Lagos, também na região Leste, em agosto de 2020. A vítima sofreu amputação de parte de uma das pernas. (Com CBN Ribeirão e EPTV)


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON